top of page

Tendinite nos ombros: inflamação pode se tornar crônica se não for tratada

Publicado em:
31 de agosto de 2023 20:11:00
Atualizado em:
31 de agosto de 2023 20:11:43
Tendinite nos ombros: inflamação pode se tornar crônica se não for tratada
Divulgação
Crédito Imagem:

Especialista explica como evitar a doença e quais são os caminhos para tratá-la.

A tendinite é uma inflamação em um ou mais tendões que pode causar dores crônicas se não tratada adequadamente. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) de 2022, uma a cada 100 pessoas sofrem com o problema no mundo. Apesar de ser relacionada aos idosos, a doença pode atingir pessoas de todas as idades, principalmente atletas e quem realiza atividades com movimentos repetitivos.

No Brasil, o Ministério da Saúde estima que 12 milhões sofrem com doenças reumatológicas, sendo a tendinite, artrose e dores na coluna como as principais causas de gastos com auxílio saúde no país. A Prof.ª Dra. Matilde Sposito, médica fisiatra especialista em bloqueios neuroquímicos, explica que a condição pode comprometer os movimentos de uma parte do corpo.

“Tendinite é uma inflamação do tendão que causa dor e mau funcionamento do tendão, com a cronificação do problema podemos chegar a rupturas do tendão e com isso comprometimento funcional da articulação”, comenta Matilde.

O que causa a tendinite?

A médica fisiatra explica que as causas mais comuns da tendinite são um trauma no local e sobrecarga de movimentos durante o trabalho ou atividade física.  Além disso, a condição é comum em atletas e em pessoas mais idosas.

A doença pode surgir em várias partes do corpo, entre os lugares mais comuns que ela aparece, estão os ombros. Também conhecida como Síndrome de Impacto ou Tendinite do Manguito Rotador, a tendinite do ombro é uma inflamação no local, que deve ser tratada para não trazer dores permanentes.

“A tendinite de ombros é muito comum até pelo tipo de articulação que promove uma excursão de movimento muito grande e os braços também carregam muito peso, o que sobrecarrega os tendões”, explica a médica fisiatra.

Os principais sintomas da doença são: dor, inchaço local, dificuldade para realizar algum movimento. Se o problema atinge o ombro, o paciente pode ter dificuldade para pegar um objeto em uma parte alta de uma prateleira, por exemplo.

Diagnóstico e prevenção

Para realizar o diagnóstico preciso da tendinite é necessário levar em conta o histórico do paciente, que geralmente consulta um clínico geral ou um ortopedista com queixas de dor ao realizar algum movimento. Após uma avaliação, o profissional da saúde deve pedir a realização de exames de imagem, como ultrassom e ressonância magnética, que confirmam a doença e a extensão da lesão.

Após diagnosticar o problema, o médico pode indicar um profissional especialista na região afetada. Dra. Matilde tem experiência no tratamento de tendinite do ombro. Ela explica que há várias alternativas de tratamento.

“Para tratar a tendinite podemos utilizar medicamentos anti-inflamatórios. Dependendo do caso, podemos indicar infiltrações e injeções periarticulares com ácido hialurônico, que são bastante utilizadas, além de exercícios específicos para fortalecer a musculatura da região”, diz.

É importante ressaltar que a tendinite pode e deve ser tratada antes que evolua para laceração e ruptura dos tendões. A médica destaca que há alguns cuidados preventivos que podem ser feitos no dia a dia para evitar o problema.

“É importante evitar a sobrecarga do nosso corpo, especialmente nos ombros. Não carregue muito peso. Se for fazer alguma atividade física, se alongue antes e evite movimentos bruscos e repetitivos. Sempre é importante praticar esportes, mas não esqueça de fazer acompanhamento com um profissional. Todos esses passos são importantes juntos com uma alimentação saudável”, completa Dra. Matilde.

Saiba mais sobre a Fisiatria

Saiba mais em: www.dramatildesposito.com.br; nas redes sociais @dramatildesposito ou ligue para: (15) 3229-0202 ou WhatsApp (15) 98812-2958. O consultório da Prof.ª Dra. Matilde Sposito fica localizado na clínica Ápice Medicina Integrada, situada na Rua Eulália Silva, 214, no Jardim Faculdade, em Sorocaba/SP.

Leia Mais ...
bottom of page