top of page

Não é justo que a decisão de alguns impeça o trabalho da Associação Comercial em detrimento do comércio - EDITORIAL

Publicado em:
16 de dezembro de 2023 12:30:00
Atualizado em:
15 de dezembro de 2023 18:58:42
Não é justo que a decisão de alguns impeça o trabalho da Associação Comercial em detrimento do comércio - EDITORIAL
Divulgação
Crédito Imagem:

Sendo a principal época de vendas para o comércio em geral, o Natal é também a melhor época do ano para a realização de campanhas, promoções, distribuição de brindes e outras tantas opções que agradem e atraiam o consumidor. Isso sem falar da decoração de vitrines e interior de lojas, que enche os olhos de clientes e faz a alegria da criançada.

E dentro desse contexto todo, tem-se a imprescindível e importante presença das Associações Comerciais que, através da união de lojistas, indústrias e profissionais liberais, potencializam os resultados positivos e, consequentemente, colaboram na geração de boas vendas e lucros para seus associados, além de agradar, premiar e atender as necessidades e expectativas dos consumidores.

É uma pena, e até mesmo uma demonstração de pouco caso por parte de alguns poucos que acreditam ter poder absoluto sobre algo que não lhes pertence, que o comércio de Araçariguama seja privado e impedido de contar com o trabalho da Associação Comercial local. Por motivos de difícil entendimento e compreensão - ou não -, optam pelo silêncio à transparência e, assim, a tornam inoperante (pelo menos é o que deixam transparecer, pois nada se vê!) e, infelizmente, colaboram para travar e atrasar o fortalecimento da rede comercial que deve ser balizada na união de esforços que possibilitem o sucesso coletivo.

Por várias vezes a atual diretoria foi procurada pelo jornal - as solicitações estão registradas - para falar sobre o atual momento da ACIPRESA - Associação Comercial, Industrial e Prestadores de Serviços de Araçariguama, sem sucesso. Entendemos que o trabalho dentro da associação é voluntário e que, por conta disso, muitas vezes se acumula com as atividades profissionais tornando o tempo escasso. Porém, não se trata de algo particular e isso tem que prevalecer. Se um membro não pode atender ao pedido, algum outro deve poder. Tudo é questão de programação e boa vontade, acima de tudo. O que não se deve é deixar permanecer o silêncio, o qual pode gerar interpretações equivocadas.

Ao longo dos anos a ACIPRESA mostrou sua importância com diversas campanhas, distribuição de prêmios, realização de eventos e cursos, serviços junto ao SPC e, até mesmo, com a aprovação de uma lei na Câmara Municipal que oferece descontos em tributos ao comerciante que participar das campanhas.

Infelizmente isso é coisa do passado, justo numa hora em que a cidade acompanha a chegada de novos estabelecimentos que vem ampliar a rede comercial e de serviços diversificando as opções de compra, elevando a qualidade dos produtos, criando a competitividade que resulta em menor preço e melhoria no atendimento, entre outras benefícios ao consumidor. Momento importante e crucial para ter uma Associação Comercial ativa, operante, trabalhando para agregar e promover o crescimento em conjunto.

Torna-se difícil a compreensão de motivos para que a ACIPRESA permaneça adormecida em momento tão pujante. Se for por falta de interesse, que seja aberta a oportunidade para que outros assumam o desafio de colocá-la em operação, até porque, há regras legais a serem seguidas. Caso seja por problemas internos de difícil solução, que se torne transparente e se busque ajuda. O que não pode é privar uma cidade inteira de serviço tão essencial por conta da vontade de quem está dentro ou fora da associação.

- Nossas colunas continuam abertas para as devidas e necessárias manifestações da atual diretoria!

Leia Mais ...
bottom of page