top of page


ACSP: No “bloco do Impostômetro’’, cachaça e adereços são mais tributados no Carnaval

Publicado em:
10 de fevereiro de 2023 15:00:00

ACSP: No “bloco do Impostômetro’’, cachaça e adereços são mais tributados no Carnaval
Crédito Imagem:

Topo do ranking fica com a cachaça e a caipirinha. A tributação mais baixa é a do preservativo

Enquanto boa parte dos brasileiros se prepara para curtir o Carnaval, a arrecadação de impostos não para. O peso da carga tributária pode ultrapassar, em alguns casos, dos 80% sobre o valor final do produto.

As maiores tributações, de acordo com o levantamento feito pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP), com base no Impostômetro, são as bebidas alcoólicas. A cachaça, por exemplo, compõe 81% em tributos, e o chope, por sua vez, são 62%.

Mas não são apenas os alcoólicos que são tributados. O refrigerante em lata tem alíquota de 46% em tributos e a água mineral 31,5%.

“Alguns produtos são considerados supérfluos e, portanto, possuem tributação elevada”, explica Marcel Solimeo, economista da ACSP.

Os adereços, indispensáveis para a diversão dos foliões, não estão isentos de impostos. Mais de 40% do valor do confete e da serpentina correspondem a tributo.

Vai viajar no Carnaval? Se a resposta for sim, saiba que está mais caro. O levantamento aponta que, no caso das passagens aéreas, houve salto de 9,25%, em 2019, para 22% este ano na tributação. O encarecimento do combustível de aviação, de acordo com Solimeo, é o principal fator da elevação.

“As pessoas foram impedidas de viajar durante dois anos e, mesmo com o preço das passagens aéreas nas alturas, não deixarão de aproveitar o feriado para curtirem a folia”, afirma o economista.

Confira a lista dos itens mais tributados no site do Impostômetro

Leia Mais ...
bottom of page