top of page

"Desvendando a Hérnia Umbilical: Tudo que Você Precisa Saber Para Evitar Complicações”

Publicado em:
4 de maio de 2023 17:00:00
"Desvendando a Hérnia Umbilical: Tudo que Você Precisa Saber Para Evitar Complicações”
Crédito Imagem:

Especialista Explica Tudo o que Você Precisa Saber

Apesar de ser um problema comum, a hérnia umbilical é uma saliência que aparece dentro ou ao redor do umbigo, formada por parte do intestino ou outro órgão abdominal que conseguiu atravessar os músculos abdominais, se acumulando entre os músculos e pele desta região, causando na maioria dos casos, uma espécie de "estufamento" na região do umbigo e em outros, tal saliência só é percebida ao tossir ou fazer algum esforço.

Apesar de ser mais frequente em crianças, ela pode afetar adultos, especialmente mulheres. Embora o sinal mais facilmente identificável seja o umbigo saliente, a hérnia costuma ser indolor tanto em crianças quanto em adultos. Os sintomas são os mesmos.

No entanto, quando a hérnia aumenta ou fica presa na parede abdominal, pode causar dores intensas e até mesmo um estrangulamento com necrose da alça intestinal, alerta o Dr. Ernesto Alarcon. Já em crianças o que se sabe é que a hérnia se desenvolve pelo não fechamento do anel umbilical, local por onde passa o cordão umbilical, logo após o parto. Por esse local pode-se passar parte do tecido de gordura ou mesmo parte do intestino.

Segundo o Dr. Ernesto Alarcon, médico cirurgião especialista em cirurgia geral e videolaparoscopia, "a hérnia umbilical é uma condição que precisa ser tratada com atenção, especialmente quando há ocorrência de sintomas como dor e inchaço na região afetada. É importante procurar um médico assim que os primeiros sinais surgirem, para que o diagnóstico e tratamento adequados sejam realizados."

O diagnóstico é essencialmente clínico, baseado na anamnese e principalmente no exame físico. O exame é feito observando e palpando a região abdominal. A hérnia é identificada em quase todos os pacientes.

Em bebês e crianças, a hérnia umbilical pode desaparecer naturalmente até os 2 anos ou um pouco mais tarde, mas, raramente após os 3 anos. Nos pequenos, o diagnóstico geralmente é feito pelo pediatra.

Já em adultos, a suspeita e o diagnóstico são feitos pelo médico que ouve a queixa e examina o paciente, geralmente o clínico, que encaminha o paciente ao cirurgião, explica o Dr. Ernesto Alarcon.

Embora muitas pessoas não conheçam a hérnia umbilical, é importante falar sobre essa condição e conscientizar a população sobre a importância do diagnóstico precoce e tratamento adequado.

Além disso, é interessante destacar algumas curiosidades sobre a hérnia umbilical, como por exemplo:

·       A hérnia umbilical é mais comum em bebês prematuros, pois seus músculos abdominais ainda não estão completamente desenvolvidos;

·      Em alguns casos, a hérnia umbilical pode desaparecer naturalmente até os 2 anos de idade, mas em outros casos pode ser necessária uma intervenção cirúrgica;

·     Alguns fatores podem aumentar o risco de desenvolver hérnia umbilical em adultos, como obesidade, esforço excessivo, alto número de gestações, tabagismo, ascite (barriga d’água) e outras causas.

·    Exercícios físicos regulares podem ajudar a prevenir o surgimento de hérnia umbilical em adultos. - lembra o especialista.

Lembre-se sempre de que cuidar da saúde é fundamental para prevenir e tratar diversas condições, inclusive a hérnia umbilical.

E se você ou alguém que conhece apresenta sintomas dessa condição, não hesite em procurar um médico especialista, para realizar o diagnóstico e tratamento adequados.


Leia Mais ...
bottom of page