top of page

TV Cultura exibiu documentário e curta sobre Adoniran Barbosa, inéditos na TV aberta

Publicado em:
28 de agosto de 2020 17:44:32
Atualizado em:
30 de novembro de 2022 17:56:17
TV Cultura exibiu documentário e curta sobre Adoniran Barbosa, inéditos na TV aberta
Crédito Imagem:

[caption id="attachment_16581" align="aligncenter" width="750"] Cena do documentário retrata o ambiente que inspirava o cantor-compositora (Foto: Divulgação)[/caption]

No último sábado, 29, foram ao ar na TV Cultura duas produções inéditas em TV aberta, que fizeram parte da programação especial de 110 anos de Adoniran Barbosa. O público pôde conferir o documentário Adoniran – Meu Nome é João Rubinato; e às 00h, o curta Dá Licença de Contar, com o ator Paulo Miklos interpretando o cantor e compositor.

Adoniran – Meu Nome é João Rubinato (2018), de Pedro Serrano, acompanha a vida e a obra do maior sambista paulista. A cidade de São Paulo era personagem principal das radionovoelas e canções de Adoniran, como os sucessos Trem das Onze e Saudosa Maloca. O documentário traça um paralelo entre a metrópole de hoje e a vivida por Adoniran, compondo um personagem multifacetado, um artista sensível às mazelas do povo. Através de imagens de arquivos raras e nunca vistas antes, o compositor e cantor paulistano, que faleceu em 1982, é redescoberto pelo público nesta produção.

[caption id="attachment_16580" align="aligncenter" width="2048"] No curta o ator Paulo Miklos interpreta Adoniran (Foto: Divulgação)[/caption]

Para completar a programação especial, será exibido o curta Dá Licença de Contar (2015). Com Paulo Miklos como Adoniran Barbosa, o filme de Pedro Serrano recria o universo das canções do cantor e compositor, inserindo o artista dentro de sua própria obra. Em um boteco no Bixiga, ele relembra uma inocente época que já não existe mais, um tempo em que fora feliz ao lado de seus companheiros de maloca.

Leia Mais ...
bottom of page