top of page

Política é coisa séria, não passatempo! por Edison Pires

Publicado em:
15 de julho de 2023 12:30:00
Atualizado em:
14 de julho de 2023 21:08:49
Política é coisa séria, não passatempo! por Edison Pires
Divulgação
Crédito Imagem:

A convivência com tio Borba - o velho e bom político das Minas Gerais - me possibilitou ouvir e aprender muito sobre política partidária, fato que me abre os olhos para uma realidade preocupante em Araçariguama.



Borbinha sempre me disse do antagonismo da vida pública: "Político gosta e precisa do movimento popular, mas, ao mesmo tempo, se preocupa e teme a união popular". Ele dizia também que o político que tem a pretensão em liderar seu povo deve mostrar coragem para agir e, o mais importante, deixar claro que realmente está disposto a enfrentar os mais difíceis desafios para defender suas ideias, ideais e os interesses da coletividade. É certo que não há "santo" na política. Mas, alguns chegam mais perto do que outros!

Tenho acompanhado pelas redes sociais algumas manifestações contrárias à atual gestão municipal por parte de pessoas que se dizem líderes políticos. Mas, não vejo nada além disso. Criticar ou apoiar faz parte do jogo político. Oposição ataca e situação defende! Nada de mais até aí.

Só que alguns temas criticados realmente têm fundamento e merecem um posicionamento que cobre providências que gerem melhorias para a população. Só que muito disso fica apenas no mundo virtual. Quase nada de concreto acontece e o erro e o errado continuam a prevalecer sem um mínimo de esperança de acertos.

A meu ver, alguns líderes políticos estão fora de sintonia com a realidade. Tirando aqueles que irão polarizar a disputa eleitoral no ano que vem, os demais, se é que realmente existem e que poderiam ser apontados como terceiras opções - a tão aclamada 3ª via - estão longe de desempenhar um papel relevante. Escondidos atrás dos teclados dos celulares, tablets e computadores, se limitam a tecer opiniões e posicionamentos que pouco revelam o que realmente pretendem. Ficam num mundo paralelo, onde uma boa fofoca (ao gosto da minha colega Sogrinha) é capaz de fazer os seguidores clicarem em outros endereços e, dessa maneira, esquecer o que pensavam segundos atrás.

É de tamanha insignificância as ações tomadas até agora que, praticamente, nem são lembradas.

Já passou da hora desses apáticos líderes políticos tomarem posicionamentos que mostrem e deixem claro o que pretendem fazer. Chegou o momento de saírem das redes sociais e ganharem as ruas, fazer barulho, incomodar o errado, mostrar força, mobilizar a parte da população que está indignada com algumas coisas que vem acontecendo e, principalmente, aquela parcela que não se identifica com nenhum dos lados polarizados. Tais líderes devem mostrar que estão ao lado do povo, e não acima dele. Mostrar que são confiáveis e que não querem apenas o voto, mas o respeito e a credibilidade. Mostrar que são aliados e não aproveitadores.

Araçariguama tem uma vida política bastante diferenciada de toda a região. E talvez a passividade que esses políticos mostram a cada eleição contribua para que isso se perpetue, porque, na verdade, pouco representam a população.

Edison Pires

Leia Mais ...
bottom of page