top of page

Os dois lados da moeda! - Coluna do Edson Pires

Publicado em:
14 de maio de 2022 21:31:11
Atualizado em:
30 de novembro de 2022 17:57:28
Os dois lados da moeda! - Coluna do Edson Pires
Crédito Imagem:

No começo da semana me deparei com a notícia de que a SABESP - Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo, responsável pelos serviços de água e esgoto em 375 municípios do estado, inclusive os de Araçariguama, celebrou os 20 anos em que está com ações na Bolsa de Valores de Nova Iorque, alcançando uma valorização de 413%.

Segundo dados apresentados, a Sabesp é a terceira maior empresa de saneamento do mundo em receita e uma das maiores em população atendida, com 28 milhões de clientes. Como sociedade anônima de capital aberto e economia mista, em 2002 passou a ter suas ações negociadas no segmento do Novo Mercado Brasil (B3) e da Bolsa de Nova York (NYSE). Ambos são os mais altos níveis de governança corporativa nas respectivas bolsas. Atualmente 50,3% do capital da Companhia está com o Estado. O restante, nas mãos de acionistas.

Ainda segundo números, nesses 20 anos, as ações da Sabesp valorizaram-se 413% na NYSE, superando a performance do índice S&P 500, que subiu 329%. Já o valor de mercado aumentou em 10 vezes: passou de R$ 3,2 bilhões para R$ 32,6 bilhões. No período, na B3 as ações da Sabesp subiram 896%, ante 700% do Ibovespa. Nessas duas décadas, o pagamento de dividendos a acionistas totalizou R$ 8,1 bilhões, o que deixou muita gente feliz!

Mas será essa felicidade toda está também na outra ponta da linha, ou seja, com quem é atendido pela companhia? Porque o que se vê na grande maioria das cidades, é uma prestação de serviço mínima e em muitos casos, de baixa qualidade, de acorodo com as reclamações que a gente acompanha pela imprensa.

Vale lembrar que há alguns meses atrás foi divulgada reportagem sobre a contaminação da água servida à população, que apresentava altos índices de contaminação, inclusive radioativa. Na nossa região - Araçariguama, Pirapora do Bom Jesus, São Roque, Mairinque, Alumínio, Ibiúna e Vargem Grande Paulista, só Mairinque não teve problemas com a água, pois a captação, tratamento e abastecimento são de responsabilidade de outra empresa. As demais cidades, todas com problemas, são atendidas pela Sabesp. Coincidência?!

Voltando o olhar um pouco mais para a nossa querida Araçariguama - que vai completar 30 anos de Emancipação e 30 anos de contrato com a Sabesp - não se vê muito avanço. Tirando uma ou outra extensão de rede de água para atender novos bairros - o que é o mínimo a ser feito por quem detém o direito de explorar tal serviço - não se vê muita coisa a mais. A Estação de Tratamento de Esgoto, será que está operando como deveria? Os emissários que prometem retirar o esgoto dos ribeirões, será que estão prontos? Os buracos abertos nas ruas, será que são devidamente tampados? A coleta de esgoto avançou para os bairros? Qual a porcentagem de atendimento de água e esgoto no município? A empresa concorda com a instalação de um aterro sanitário no manancial de onde capta água para abastecer a cidade? Gostaria que alguém respondesse a esses questionamentos para nos dar a oportunidade de nos atualizar sobre o assunto! Alguém se habilita?

O único ponto 100% que dá para aplaudir e parabenizar, fica por conta do empenho dos funcionários - tanto dos serviços internos como externos - que se desdobram em atender as demandas da melhor maneira possível, com os parcos recursos que encontram à disposição. Sou prova disso!

Seria prudente que a empresa se empenhasse para atender às populações com o mesmo afinco e vigor, com que atua para satisfazer seus acionistas!

Edson Pires

Leia Mais ...
bottom of page