top of page

Estar na Estrada - Tatiana Munhoz

Publicado em:
22 de julho de 2019 14:47:55
Atualizado em:
30 de novembro de 2022 17:55:31
Estar na Estrada - Tatiana Munhoz
Crédito Imagem:

Férias e estrada: uma combinação maravilhosa! Creio que todas as crianças, quando entram no carro, logo fazem a mesma pergunta: “ Tá chegando?” Ah, se elas soubessem quantos kilômetros ainda restam, elas ficariam em dúvida se começariam ou não a viagem. Por outro lado, viajar traz a sensação de liberdade, descanso e recompensa. Não importa o quão longe seja o destino, o que está em jogo é o esforço envolvido durante meses ou até anos, para que aquela viagem aconteça. A estrada é um caminho que te direciona para algum lugar. Ela pode ser de alta velocidade, sinuosa, montanhosa, litorânea ou rural. Cada uma traz a sua beleza e significância cultural e influência histórica. O incrível da estrada é que aquele que a usufrui tem autonomia de organizar o seu plano de viagem, com horário de saída e chegada, número de paradas e, ainda, pode levar um lanchinho no carro ao som do rádio. Outra vantagem é que pode levar passageiros também, assim a viagem fica mais divertida. Inúmeras estradas no mundo são fotografadas e divulgadas com o intuito de oferecer ao leitor boas razões e inspirações para um possível destino a se conhecer. Algumas são bem conhecidas como a Rota 66, nos Estados Unidos, a Great Ocean Road na Austrália, a Abbey Road em Londres, a Champs-Elysées na França, a Serra do Rio do Rastro em Santa Catarina, a Serra da Graciosa no Paraná, entre outras dezenas que, por onde passam, vão desenrolando conteúdo imenso de história e beleza. Mas, toda essa motivação e vontade de sair por aí pode ser barrada por um pensamento chinês: “ a pessoa que tenta viajar em duas estradas ao mesmo tempo, não chegará a lugar algum” . Por mais que existam milhares de caminhos, somente um de cada vez pode te levar ao destino. Podem ter até atalhos e desvios, mas somente uma te guiará para o portal de entrada. Outro dado que pode te paralisar por um momento são os dados do anuário CNT do Transporte de 2018, divulgado pela CNT (Confederação Nacional do Transporte) que conclui que apenas 13% da malha rodoviária é pavimentada, o que indica falta de infraestrutura para comportar um crescimento frenético da frota que é responsável por cerca de 60 % da circulação de mercadorias e mais de 90% de passageiros. Isso quer dizer que nem tudo são flores. Não são todos os caminhos que te receberão com um Graal, pista dupla com telefone de emergência a cada kilômetro, pousadas aconchegantes para o seu descanso e até sinal de telefonia e 4G. Aliás, em alguns estados brasileiros, o que mais se vê são estradas com baixa manutenção, perigosas, sem sinalização e um mínimo de assistência mecânica e médica. Por mais que não queiramos, nossas vidas são bem similares às estradas . Ao mesmo tempo que nossas atitudes nos direcionam para um alvo, um objetivo pessoal ou uma conquista, situações inesperadas acontecem e, sem sabermos como e quando, temos que tirar nosso kit de emergência para solucionar ou remediar o problema, até que venha a ajuda técnica e profissional. Tem uma frase motivacional que diz assim: “ nunca deixe um obstáculo na estrada ser o seu ponto final”. Muitas vezes um desvio de percurso que, a princípio, possa parecer um atraso, de repente pode ser uma nova oportunidade para uma nova estrada jamais vista e conhecida por você. Por outro lado, ter um parceiro de viagem na vida é uma grande ajuda para encarar a tudo e a todos de maneira mais destemida e tranquila Mas, caso você não tenha, habilite seu caderno e caneta a ser o seu parceiro, seu diário de bordo, e escolha estradas que lhe darão um destino saudável , feliz e de paz. Você escolhendo a estrada certa irá longe!

Leia Mais ...
bottom of page