top of page

Câmara de Araçariguama aceita denúncia de improbidade administrativa

Publicado em:
30 de novembro de 2019 22:00:18
Atualizado em:
21 de dezembro de 2022 22:00:48
Câmara de Araçariguama aceita denúncia de improbidade administrativa
Crédito Imagem:

Na sessão da última 3ª feira, 26, a Câmara Municipal leu e acatou denúncia contra a prefeita Lili Aymar, que se encontra afastada a pedido do Ministério Público.

De autoria do munícipe Nilton José de Moura, o documento aponta possível cometimento de improbidade administrativa por parte da Chefe do Executivo, ao permitir que seu marido, o ex-prefeito Carlos Aymar, mantivesse uma sala dentro do Paço Municipal.

“Gostaria de saber quais as atitudes serão tomadas por esta Casa de Leis, pois ao meu modo de ver, a Prefeita praticou infração político/administrativa, ao deixar seu marido comandar a cidade de dentro da prefeitura”, questiona o denunciante.

Após a leitura, o Presidente da Câmara, vereador Moacyr Godoy colocou em votação a aceitação da matéria, que foi aceita pelo placar de 8x3. Na sequência, foi realizado o sorteio da comissão que irá apurar os fatos apontados. Os vereadores Moisés Arruda, Helton da Van e Marcelo Aguiar auxiliaram o sorteio.

Na ocasião, três vereadores foram sorteados e a Comissão ficou assim constituída: Presidente: Ademário Jesus Mendes, o Bahia; Relator: Helton da Van e, Membro: Jaime da Autoescola. A comissão terá prazo de 90 dias para apresentar o relatório final.

Da Tribuna, vereadores se manifestaram favoráveis e contrários à aceitação da matéria. Os vereadores Costa do Gás e Moisés Arruda disseram que o assunto já foi tratado em outra comissão e restou arquivado. “Não tem necessidade voltar a esse assunto”, argumentaram.


Leia Mais ...
bottom of page