top of page

Adamá reúne ladrilhos hidráulicos com design essencialmente brasileiro

Publicado em:
6 de setembro de 2022 19:21:27
Adamá reúne ladrilhos hidráulicos com design essencialmente brasileiro
Crédito Imagem:

Em cada uma de suas criações, a Adamá, com sede em Sorocaba (SP) e venda para todo o país, se preocupa em evidenciar a alma brasileira através de revestimentos com design inovador. As nossas crenças, tradições, paisagens, religiões e até poesias são alguns dos ingredientes que dão forma, leveza e trazem a sensibilidade que cada produto evoca. É possível perceber e sentir o quanto o visual caprichado e o toque caloroso dos materiais são tão essenciais para tornar os ambientes mais confortáveis e acalentadores. 

Composições de ladrilhos hidráulicos dos modelos Urbano, Selva, Samba, Iemanja e Amazonas, em jogos 9 peças cada. Os desenhos, em grupo, revelam as diferentes faces e a capacidade de compor painéis incríveis

Em 07 de setembro, serão celebrados os 200 anos da Proclamação da Independência do Brasil, o que reforça o momento exato de ressaltarmos ainda mais os valores do país. Por isso, a Adamá faz uma homenagem por meio do desenho e das histórias de seus ladrilhos hidráulicos.

O criador da marca, o arquiteto Edan Shoher, é americano/israelense e completamente apaixonado pelo Brasil. Em suas peças de design exclusivo, ele traduz, para o mundo inteiro, as riquezas nacionais, concebendo linhas de produtos com nomes bem característicos (Amazonas, Delirio, Gloria, Iemanja, Samba, Selva, Urbano e Orixas), que ficam fáceis de entender com a observação dos desenhos.

Ondas de rios e mares, o gingado da dança, a exuberância da fauna e da flora, a inspiração nas crenças, além dos traços que marcam as grandes cidades. As coleções são resultado de um longo trabalho de pesquisas e viagens por várias regiões e cidades brasileiras, em busca de detalhes preciosos, memórias e histórias.

O arquiteto Edan Shoher (à esq.) durante o momento de criação. Na sequência, fôrmas com cada um dos modelos da Adamá e a fabricação artesanal dos ladrilhos hidráulicos

Os ladrilhos hidráulicos têm produção artesanal e vários diferenciais. As peças de alta resistência e durabilidade apresentam espessura extrafina de 11mm (diferentemente dos modelos disponíveis no mercado, que variam entre 16mm e 20mm) e peso reduzido (836g). Isso garante que sejam introduzidos tanto em instalações verticais, como nas horizontais, além da combinação com outros revestimentos sem a necessidade de rebaixar o contrapiso. O pigmento é misturado no próprio cimento (não é pintado na superfície), o que reforça sua longevidade.

As peças são vendidas para todo o Brasil através de boutiques especializadas, além de serem exportadas.

Todo o ritmo do ladrilho samba traduzido no ladrilho hidráulico da Adamá, em projeto da designer Francine Stefanelli (à esq.). No centro, o ladrilho Selva mostra a exuberância da natureza do Brasil, em projeto da arquiteta Simone Couto. As curvas e movimentos do Rio Amazonas reveladas no ladrilho, em projeto do arquiteto Fiori Marcell | Fotos: Mário Chaves e Bruno Lopes

Conheça as linhas de ladrilhos hidráulicos com a cara do Brasil:

Amazonas: a grande inspiração é a exuberância do Rio Amazonas, com suas curvas e seus movimentos entre a floresta. Olhando para um único ladrilho é difícil imaginar o potencial do design, mas juntando algumas peças, a composição revela desenhos surpreendentes. A estampa moderna e audaz cria rios, círculos e ondas dependendo de seu posicionamento.

Gloria: homenagem aos ladrilhos e mosaicos usados em projetos de ambientes espirituais, como nas igrejas de Ouro Preto, em Minas Gerais. A partir dessa interpretação contemporânea do visual tradicional, as formas aparentemente abstratas sugerem silhuetas nos espaços positivos e negativos do design.

Iemanja: a orixá de origem africana inspirou essa peça. Dois ladrilhos, com design espelhado, formam o desenho ondulado básico que funciona em diversas posições. Na horizontal lembram as ondas do mar e os barcos de oferendas e, na vertical, traduzem as curvas femininas da divinidade.

Samba: como podemos criar uma forma visual de música? O ladrilho Samba presta homenagem para uma das principais manifestações culturais de nosso país. As formas do design do ladrilho fluem, guiando o olhar, nunca parando em um centro visual e assim parecem estar dançando. Como um tipo de arabesco Afro-Brasileiro, o desenho é ornamental com essência tribal e contemporânea.

Selva: possui um design geométrico composto por arcos, que formam folhas e flores abstratas, remetendo às Bromélias e Helicônias. Dependendo do posicionamento das peças, os arcos podem se juntar para formar elementos maiores ou, até se desencontrar. Um passeio na mata atlântica formou esse modelo e, como na natureza, esse design pode aparecer aleatório e bem composto ao mesmo tempo.

Urbano: um jogo entre as linhas ortogonais da grade urbana e o crescimento orgânico da favela brasileira formou esse design geométrico. Cada ladrilho pode ser posicionado de quatro maneiras diferentes, juntando com as peças em volta para criar formas e estampas novas.

Linha Especial Orixas: O mais novo lançamento da Adamá é considerado uma verdadeira obra de arte. As influências para este design chegaram dos símbolos de Umbanda, grafite de rua em Salvador, as representações das orixás do Candomblé e do trabalho de artistas, como Djanira da Mota e Silva, Rubem Valentim e Josafá Neves.

Linha Especial Orixas com design de Edan Shoher

Mini Ladrilhos: a Adamá também possui uma linha especial de mini ladrilhos hidráulicos (com os mesmos desenhos das linhas ou lisos), vendida sob encomenda no tamanho de 10x10cm. Esse formato permite que seja utilizado sozinho, integrado com modelos maiores e até mesmo com outros revestimentos. Pode ser instalado como moldura em banheiro e também em frontão de cozinha.

Conheça as linhas de ladrilhos hidráulicos com a cara do Brasil:

Amazonas: a grande inspiração é a exuberância do Rio Amazonas, com suas curvas e seus movimentos entre a floresta. Olhando para um único ladrilho é difícil imaginar o potencial do design, mas juntando algumas peças, a composição revela desenhos surpreendentes. A estampa moderna e audaz cria rios, círculos e ondas dependendo de seu posicionamento.

Gloria: homenagem aos ladrilhos e mosaicos usados em projetos de ambientes espirituais, como nas igrejas de Ouro Preto, em Minas Gerais. A partir dessa interpretação contemporânea do visual tradicional, as formas aparentemente abstratas sugerem silhuetas nos espaços positivos e negativos do design.

Iemanja: a orixá de origem africana inspirou essa peça. Dois ladrilhos, com design espelhado, formam o desenho ondulado básico que funciona em diversas posições. Na horizontal lembram as ondas do mar e os barcos de oferendas e, na vertical, traduzem as curvas femininas da divinidade.

Samba: como podemos criar uma forma visual de música? O ladrilho Samba presta homenagem para uma das principais manifestações culturais de nosso país. As formas do design do ladrilho fluem, guiando o olhar, nunca parando em um centro visual e assim parecem estar dançando. Como um tipo de arabesco Afro-Brasileiro, o desenho é ornamental com essência tribal e contemporânea.

Selva: possui um design geométrico composto por arcos, que formam folhas e flores abstratas, remetendo às Bromélias e Helicônias. Dependendo do posicionamento das peças, os arcos podem se juntar para formar elementos maiores ou, até se desencontrar. Um passeio na mata atlântica formou esse modelo e, como na natureza, esse design pode aparecer aleatório e bem composto ao mesmo tempo.

Urbano: um jogo entre as linhas ortogonais da grade urbana e o crescimento orgânico da favela brasileira formou esse design geométrico. Cada ladrilho pode ser posicionado de quatro maneiras diferentes, juntando com as peças em volta para criar formas e estampas novas.

Linha Especial Orixas: O mais novo lançamento da Adamá é considerado uma verdadeira obra de arte. As influências para este design chegaram dos símbolos de Umbanda, grafite de rua em Salvador, as representações das orixás do Candomblé e do trabalho de artistas, como Djanira da Mota e Silva, Rubem Valentim e Josafá Neves.

 
Leia Mais ...
bottom of page