top of page

10 Curiosidades sobre o piso vinílico

Publicado em:
15 de junho de 2022 17:06:41
10 Curiosidades sobre o piso vinílico
Crédito Imagem:

Saiba de onde surgiu, do que é feito e quais são os principais benefícios desse tipo de revestimento na decoração [caption id="" align="aligncenter" width="584"] Piso Vinílico Cor Açafrão – Linha Essence Coleção Hit – Tarkett[/caption] Sofisticado, fácil de instalar, prático de manter, oferece conforto térmico e acústico, tem ótimo custo-benefício. Os benefícios oferecidos pelo piso vinílico formam uma lista extensa. E, por isso, esse revestimento se tornou o queridinho de profissionais da arquitetura e design de interiores, sendo constantemente especificados para projetos residenciais, comerciais e corporativos do mundo.   Mesmo já popularizado no Brasil, é comum ainda surgirem dúvidas. Aliás, o que é? Do que é feito? Quais são as possibilidades de aplicação desse piso? Para solucionar de vez essas questões, a Tarkett, líder mundial em vinílicos, conta quais são as principais curiosidades do vinílico. Confira: 1.   Surgiu no século XIX O vinílico surgiu como uma solução para substituir o principal revestimento utilizado na Europa no final do século XIX: o linóleo. À época, esse revestimento era feito com materiais naturais como farinha de pinheiro, óleo de linhaça e base de juta. Diante das restrições na extração dessas matérias-primas, as indústrias de revestimentos precisavam de uma alternativa mais viável - e a encontraram em um polímero sintético de plástico, descoberto por Eugen Baumann, em 1872. Assim, então, surgia o primeiro componente que daria origem ao vinílico como conhecemos hoje. [caption id="" align="aligncenter" width="584"] Piso vinílico cor Lírio – Linha Essence 30 – Tarkett[/caption] 2.   É feito de PVC e outros aditivos   Atualmente, para fabricar um piso vinílico, utiliza-se o PVC numa mistura com outros elementos como cargas mineraisplastificantespigmentos e aditivos. A depender da quantidade utilizada de cada ‘ingrediente’, obtém-se pisos de características diferentes, que podem ser mais ou menos flexíveis, resistentes, acústicos, entre outros atributos para atender a um leque variado de necessidades do mercado.   É possível encontrá-lo na literatura técnica como policloreto de vinilacloreto de vinila ou policloreto de vinil, mas é pelo acrônimo PVC que esse plástico se tornou um dos materiais mais conhecidos e utilizados no mundo. O PVC é desenvolvido a partir de uma mistura química que converte elementos básicos do petróleo em um composto unificado. No processo, elementos como o cloro e o etileno são combinados e dão origem ao policloreto de vinila. Nas últimas etapas de fabricação, a depender dos aditivos e outras substâncias utilizados, o PVC pode tomar diferentes formas e características, dando à indústria inúmeras possibilidades de aplicação. [caption id="" align="aligncenter" width="584"] Piso Vinílico Cor Marquina Grafite – Linha Solare Coleção Pietra – Tarkett[/caption] 3.   Não vai borracha na composição   Por ser leve e flexível, você já deve ter ouvido falar do piso vinílico como um ‘piso emborrachado’. Porém, a borracha não faz e nunca fez parte da composição dele. Além disso, outro erro é confundi-lo visualmente com o laminado que, na verdade, é um piso composto por derivados da madeira natural.   4.   É imune a pragas e mofo   Diferente do piso de madeira e seus derivados, o vinílico, por ser feito de um derivado do plástico, é resistente a pragas como o cupim e não apodrece em contato com a umidade.
Piso Vinílico Cor Mate – Linha Injoy – Tarkett
5.   Baixa emissão de COV’s   Os revestimentos vinílicos da Tarkett estão pautados pela responsabilidade ecológica e social. Além de utilizar materiais reciclados em sua composição e programas de logística reversa, os vinílicos da marca são livres de formaldeídos e ftalatos, além de apresentarem baixíssimos índices de emissão de Compostos Orgânicos Voláteis (COVs), gases emitidos por materiais naturais e sintéticos cuja composição e concentração de substâncias podem influenciar na qualidade do ar interno.
Piso Vinílico Cor Mel – Linha Click Coleção Ambienta Tech – Tarkett
6.   São rápidos de instalar   Quando falamos em reforma, troca e instalação de pisos, é comum que o primeiro pensamento a surgir seja relacionado aos gastos, sujeira e demora que normalmente esse tipo de serviço demanda.   No caso dos vinílicos, no entanto, essa tarefa é simples e rápida. Com a Linha Click, por exemplo, em menos de 48 horas o seu piso estará pronto para uso. Por conta do sistema de encaixe fácil, os pisos vinílicos clicados dispensam o uso de adesivo na instalação.   Apesar de proporcionar agilidade na instalação, para o vinílico sempre é indicado procurar por profissionais capacitados para garantir um acabamento perfeito e minimizar o risco de perdas de material.
7.   Podem ser utilizados na parede e no teto   Com tantos benefícios, porque limitar todas essas qualidades ao piso? Para você aproveitar ainda mais as características desse revestimento, o vinílico pode ser aplicado, também, nas paredes e no teto.   Com essa opção, é possível criar paginações únicas. Você pode destacar uma parede inteira, utilizar o revestimento como cabeceira ou até mesmo como um painel de TV. Você também pode aproveitar para criar uma decoração que combine o piso, parede e teto utilizando o mesmo modelo de vinílico.   Mas atenção: é possível instalar o piso vinílico no teto e na parede desde que sejam do tipo colado e que superfície passe por uma avaliação similar ao passo-a-passo aplicado aos contrapisos. É primordial que ela esteja acabada, nivelada e impermeabilizada para você não errar na instalação.
8.   É fácil de limpar   Esqueça os baldes de água, diversos produtos de limpeza e esfregões: com o piso vinílico a limpeza é descomplicada. Para manter a superfície sempre higienizada e com cara de nova, basta realizar a limpeza periódica utilizando um pano úmido com detergente neutro.   9.   Pode ser instalado sobre outros revestimento   Os contratempos com quebra-quebra de revestimentos podem ser evitados com a escolha dos diferentes tipos de piso vinílico da Tarkett, que evitam ou minimizam a produção de entulho e desperdícios.   Com os vinílicos, não há necessidade de quebra-quebra, uma vez que eles podem ser instalados sobre outros pisos já existentes, como cimento desempenado, cerâmicas e porcelanatos com juntas de até 5 mm, desde que estejam preparados e nivelados com massa autonivelante.

10.   Não necessita de cera   Os LVTs da Tarkett, apresentam alta durabilidade e não necessitam de cera para se manterem bonitos, graças às tecnologias aplicadas na composição do produto, especialmente na chamada capa de uso desses pisos.   Porém, caso você queira um acabamento mais brilhante, é recomendado o uso de cera acrílica aplicada com mop e de acordo com as instruções da embalagem de cada produto. Fique de olho: ceras à base de carnaúba não são indicadas, uma vez que, além de deixarem a superfície escorregadia, formam uma camada gordurosa difícil de ser removida.
Leia Mais ...
bottom of page