top of page

Volta ao mundo através de belos destinos

Publicado em:
26 de maio de 2020 18:59:25
Atualizado em:
30 de novembro de 2022 17:58:50
Volta ao mundo através de belos destinos
Crédito Imagem:

[caption id="attachment_10720" align="aligncenter" width="5121"] Destino preferido de turistas que vêm de toda a parte do mundo, o Cristo Redentor encanta a todos que visitam o Rio de Janeiro e suas maravilhosas praias / GB Imagem[/caption]

Nossa primeira parada é aqui no Brasil mesmo, no Rio de Janeiro. Cartão postal do Brasil, o Cristo Redentor atrai a atenção de turistas dos quatro cantos do planeta. Localizado a 709 metros acima do nível do mar, no topo do Morro do Corcovado, a estátua foi inaugurada em 12 de outubro de 1931, depois de cinco anos de obras. Com 38 metros de altura a construção do monumento foi sugerida pela primeira vez em 1859, pelo padre lazarista Pedro Maria Boss, à Princesa Isabel. No entanto, apenas retomou-se efetivamente a ideia em 1921, por motivo do Centenário da Independência.

Agora que já conhecemos um pouco sobre o brasileiríssimo Cristo Redentor, vamos girar o globo e aterrizar em Agra, pequena cidade da Índia. Por lá está localizado o famoso Taj Mahal.

[caption id="attachment_10721" align="aligncenter" width="5184"] Taj Mahal, localizado na cidade indiana de Agra, é todo incrustado com pedras semipreciosas e sua cúpula é costurada com fios de ouro. Apesar de sua opulência, o Taj Mahal é na verdade um gigantesco mausoléu e não um palácio como muitos pensam / GB Imagem[/caption]

Bem mais velho que o Cristo Redentor, o Taj Mahal foi construído entre 1630 e 1652, com a força de cerca de 22 mil homens, trazidos de várias cidades do Oriente, para trabalhar no suntuoso monumento de mármore branco que o imperador Shah Jahan mandou construir em memória de sua esposa favorita, Aryumand Banu Begam, a quem chamava de Mumtaz Mahal ("A Joia do Palácio"). Ela morreu após dar à luz o 14º filho, tendo o Taj-Mahal sido construído sobre seu túmulo, junto ao Rio Yamuna. Assim, o Taj Mahal é também conhecido como a maior prova de amor do mundo, contendo inscrições retiradas do Alcorão. É todo incrustado com pedras semipreciosas, tais como o Lapis Lazuli entre outras. Sua cúpula é costurada com fios de ouro. O edifício é flanqueado por duas mesquitas e cercado por quatro minaretes. Apesar de sua opulência, o Taj Mahal é na verdade um gigantesco mausoléu e não um palácio como muitos pensam.

Agora vamos dar uma rápida passadinha pelo Camboja. Por lá os turistas podem apreciar o Angkor, um complexo de ruínas das antigas cidades do Império Khmer que dominou a região do país entre os Séculos IX e XV. As ruínas estão localizadas no meio das florestas ao norte do Grande Lago e faz parte do Patrimônio Mundial da Humanidade. Nesta área encontram-se mais de mil templos, dentre eles o Angkor Wat. Cerca de um milhão de turistas passa por lá a cada ano.

[caption id="attachment_10722" align="aligncenter" width="3872"] No Camboja os turistas podem apreciar o Angkor, um complexo de ruínas das antigas cidades do Império Khmer que dominou a região do país entre os Séculos IX e XV / GB Imagem[/caption]

Nossa próxima parada é no templo de Kiyomizu-dera, construído no ano de 780 d.C. na encosta das montanhas, no distrito de Higashiyama, a leste de Kyoto, no Japão. O templo está associado à seita Hosso uma das seitas mais antigas do Budismo. O lugar é mágico e vale a pena ser conhecido.

[caption id="attachment_10723" align="aligncenter" width="4000"] O Templo de Kiyomizu-dera construído na encosta das montanhas, no distrito de Higashiyama, a leste de Kyoto, no Japão também é um importante ponto turístico mundial, devido a sua beleza e paz que rondam os arredores da construção / GB Imagem[/caption]

Já no México, desbravaremos os segredos e mistérios de Chichén Itzá. Chichén Itzá é uma cidade arqueológica maia localizada no Estado de Iucatã. O nome do local significa "na beirada do poço do povo Itza". Estima-se que Chichén-Itzá foi fundada por volta dos anos 435 e 455.

[caption id="attachment_10724" align="aligncenter" width="5184"] A grande pirâmide de Chichén Itzá que hoje é um dos principais pontos turísticos do México foi construída provavelmente no Século XXII. Ela tem 30 metros de altura e, em cada um de seus quatro lados, 91 degraus sobem até seu topo / GB Imagem[/caption]

Pirâmides são construções que fascinam os homens. Esses grandes triângulos feitos de pedra normalmente são templos dedicados a deuses ou a grandes imperadores. No México, Chichén Itzá era uma cidade-santuário, um lugar sagrado do povo maia, que construiu ali templos e palácios de adoração de seus guerreiros e do deus Kukulcan. A grande pirâmide da cidade, que hoje é um dos principais pontos turísticos do México, foi construída provavelmente no Século XXII. Ela tem 30 metros de altura e, em cada um de seus quatro lados, 91 degraus sobem até seu topo. Mas essa pirâmide misteriosa não é a única atração de Chichen Itzá. O complexo arquitetônico conta com uma grande quantidade de edifícios e recintos da Era Maia.

Outro lugar bastante interessante, que vale a pena conhecer, é as Grandes Muralhas da China. Esta sensacional obra humana, capaz de ser vista da Lua a olho nu é uma impressionante estrutura da arquitetura militar, construída na China Imperial. Embora seja comum a ideia de que se trata de uma única estrutura, na realidade a obra consiste em diversas muralhas, construídas por várias dinastias ao longo de cerca de dois milênios. Se, no passado, a sua função foi essencialmente defensiva, no presente constitui-se em um símbolo da China e em uma procurada atração turística. Vale a pena conferir!

[caption id="attachment_10725" align="aligncenter" width="2832"] A Muralha da China é uma impressionante estrutura da arquitetura militar, construída na China Imperial, há pelo menos 2000 anos / GB Imagem[/caption]

E a nossa última parada nesta volta ao mundo é na Basílica de Santa Sofia em Istambul, na Turquia. O lugar é um importante exemplo da arquitetura bizantina, e foi construida entre os anos de 532 a 537. De grande importância artística, seu interior foi decorado com mosaicos e colunas e esculturas de mármore. Destaque para a cobertura central em formato de abóboda com 31 metros. Desde 1993 o prédio está sendo restaurado e o turista já pode apreciar os mosaicos que estavam escondidos desde 1453.

[caption id="attachment_10726" align="aligncenter" width="5184"] Basílica de Santa Sofia em Istambul, na Turquia. O lugar é um importante exemplo da arquitetura bizantina, e foi construida entre os anos de 532 a 537 / GB Imagem[/caption]

Assim chegamos ao final de nossa volta ao mundo. É claro que ainda existem vários lugares maravilhosos que são visitados por milhares de turistas e que não foram citados nesta matéria, tais como a Torre Eiffel, o Coliseu de Roma, a Ilha de Páscoa, entre muitos outros. Mas estes destinos serão abordados especificamente em futuras edições. Boa viagem!

Leia Mais ...
bottom of page