top of page

Viação Piracicabana: Greve já dura 4 dias e passageiros vêm sendo prejudicados na região

Publicado em:
6 de novembro de 2020 17:21:38
Atualizado em:
30 de novembro de 2022 17:58:08
Viação Piracicabana: Greve já dura 4 dias e passageiros vêm sendo prejudicados na região
Crédito Imagem:

[caption id="attachment_21671" align="aligncenter" width="1280"] Uma das linhas afetadas é a de São Roque à Araçariguama. Foto: Rafael Lima - MUNDO N/Gazeta[/caption]

A greve dos funcionários da Viação Piracicabana já dura quatro dias em São Roque. A empresa é responsável por linhas intermunicipais na região como São Roque a Araçariguama e São Roque a Itapevi. Passageiros que trabalham em outros municípios estão sendo prejudicados pela situação e estão buscando outras maneiras de se locomover até as cidades.

Em nota enviada à imprensa nesta sexta-feira, 6, o Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região informou que desconhece a existência de liminar concedida pela Justiça à empresa que determine o retorno dos trabalhadores ao trabalho. "Portanto, diferentemente do que a empresa vem afirmando à imprensa, a greve dos trabalhadores é legal e legítima e o Sindicato dos Rodoviários não está descumprindo decisão judicial. Os trabalhadores estão em greve contra demissões abusivas, prática de dupla função, não cumprimento correto do intervalo intrajornada e descontos indevidos. A paralisação começou no dia 29 de outubro, os trabalhadores suspenderam a paralisação no dia 30 de outubro para negociação e retomaram no dia 03 de novembro", ressaltou.

Ainda conforme a nota, o Sindicato dos Rodoviários protocolou notificação de greve na empresa no dia 23 de outubro e está mantendo 30% da frota em circulação. A Viação Piracicabana faz linhas intermunicipais entre o município de São Roque e as cidades de Itapevi, Cotia, Araçariguama e Pirapora do Bom Jesus; e o município de Araçariguama a Itapevi.

O Mundo N tentou contato com a Viação Piracicabana, mas até o momento não obteve respostas.

Passageiros

Com apenas 30% da frota em circulação, muitos passageiros que utilizam as linhas para trabalhar estão sendo prejudicados e estão tendo que utilizar outras maneiras, na maioria das vezes com custo maior, para chegarem ao trabalho.

Um morador de Carapicuíba, que trabalha em Araçariguama, contou à reportagem que pegava a linha Itapevi x Araçariguama todos os dias. Com a greve, ele está tendo que utilizar um ônibus que vá até a divisa com São Roque, pegar outro até o centro da cidade, para sim utilizar o terceiro coletivo para chegar até o trabalho.

Outra maneira que vem sendo adotada é a utilização de motoristas por aplicativo, porém, o valor que era gasto, de aproximadamente R$5,00 na passagem, chega a quadruplicar com essa alternativa.

Leia Mais ...
bottom of page