top of page

Tite convoca seleção com ‘ingleses’, Edenílson, Antony e Vinicius Jr

Publicado em:
11 de março de 2022 15:21:54
Atualizado em:
30 de novembro de 2022 17:57:21
Tite convoca seleção com ‘ingleses’, Edenílson, Antony e Vinicius Jr
Crédito Imagem:

https://youtu.be/xl0bTc49mcw

O técnico Tite anunciou na manhã de hoje (11) a convocação da seleção brasileira para os jogos contra Chile e Bolívia, nos dias 24 e 29 deste mês, válidos pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo. As novidades são os retornos de Guilherme Arana, Arthur e Richarlison (veja a lista completa abaixo). Arana (Atlético-MG) e Weverton (Palmeiras) são os dois únicos representantes do futebol brasileiro nesta convocação. Nomes como Everton Ribeiro, Gabigol e Pedro (todos do Flamengo), Raphael Veiga (Palmeiras) e Nino (Fluminense), que estavam em uma pré-lista de Tite, ficaram fora.

A convocação do volante Arthur (Juventus) não deixa de ser surpreendente, pois Douglas Luiz e Gerson eram tidos como os principais concorrentes por uma vaga no meio-campo. O mesmo vale para o retorno de Gabriel Martinelli, que vive bom momento no Arsenal e tem chance de passar à frente de nomes como Gabriel Jesus e Roberto Firmino, mais centrais. Questionado na entrevista coletiva, Tite explicou a convocação da dupla com poucos detalhes. "[O grupo] Está sempre aberto, não está definido. Para novos jogadores e também para retornos, com o momento de cada jogador", resumiu, evitando falar sobre os nomes que perderam vaga nesta lista.

O auxiliar Cleber Xavier caracterizou Arthur como dono de um "controle de jogo" e que a convocação é uma tentativa de ter alternativa de mais um meio-campista com esta característica. Sobre Martinelli, Xavier considera que "cresceu muito no Arsenal" e que por isso "merece uma oportunidade". No geral, Tite manteve os goleiros e os zagueiros que parecem favoritos a estar na Copa. Nas laterais, manteve Alex Telles, que foi bem contra o Paraguai na última convocação, e promoveu o retorno do lateral Danilo, que estava lesionado. No meio, Coutinho ganha mais uma chance em sua crescente no Aston Villa. E no ataque, talvez o setor mais aberto, Antony e Richarlison têm a oportunidade de abrir vantagem sobre a concorrência.

O Brasil está garantido na Copa, lidera as Eliminatórias com campanha invicta e apenas cumpre tabela nestes jogos das últimas rodadas. A seleção recebe o Chile no Maracanã, depois visita a Bolívia em La Paz. Só restará então o duelo adiado contra a Argentina, que foi paralisado em setembro por intervenção da Anvisa -este jogo ainda não tem nova data.

Confira a convocação da seleção brasileira:

Goleiros Alisson (Liverpool)

Ederson (Manchester City)

Weverton (Palmeiras)

Laterais Danilo (Juventus)

Daniel Alves (Barcelona)

Alex Telles (Manchester United)

Guilherme Arana (Atlético-MG)

Zagueiros Éder Militão (Real Madrid)

Gabriel Magalhães (Arsenal)

Marquinhos (PSG)

Thiago Silva (Chelsea)

Meio-campistas Arthur (Juventus)

Bruno Guimarães (Newcastle)

Casemiro (Real Madrid)

Fabinho (Liverpool)

Fred (Manchester United)

Lucas Paquetá (Lyon)

Philippe Coutinho (Aston Villa)

Atacantes Antony (Ajax)

Gabriel Martinelli (Arsenal)

Neymar (PSG)

Raphinha (Leeds)

Richarlison (Everton)

Rodrygo (Real Madrid)

Vinícius Jr. (Real Madrid).

Fonte: UOL

Foto Capa: Pedro Martins/Mowa Press

 
Leia Mais ...
bottom of page