top of page

Rodovias Carvalho Pinto e Imigrantes ganham cabines de autoatendimento para pagamento de pedágio

Publicado em:
17 de agosto de 2022 15:36:56
Atualizado em:
30 de novembro de 2022 17:58:50
Rodovias Carvalho Pinto e Imigrantes ganham cabines de autoatendimento para pagamento de pedágio
Crédito Imagem:

O pagamento é feito por aproximação, com cartão de crédito ou débito que tenham a tecnologia NFC (Near Field Communication) 

Buscar inovações tecnológicas para atender de forma rápida e eficaz o usuário das rodovias concedidas é uma das metas do Programa de Concessões Rodoviárias, gerenciado pela ARTESP - Agência de Transporte do Estado de São Paulo. As inovações nas praças de pedágio têm se destacado na malha concedida, e exemplos disso podem ser vistos nas rodovias Carvalho Pinto (SP-070) e Imigrantes (SP-160), operadas, respectivamente, pelas concessionárias Ecopistas e Ecovias, e que ganharam cabines de autoatendimento para pagamento das tarifas de pedágio para veículos de passeio.

O projeto piloto deste modelo de cobrança pode ser utilizado na praça de pedágio de São José dos Campos, no km 92+500 da Rodovia Carvalho Pinto (SP-070), uma cabine em cada sentido, e duas cabines na Praça Piratininga, no km 32+381 da Rodovia dos Imigrantes (SP-160), sentido litoral.  Os locais contam com totens de autoatendimento onde os motoristas, sem descer do carro, podem fazer o pagamento com cartão de crédito ou débito, por aproximação, de forma totalmente autônoma. Para isso, é importante verificar, com antecedência, se o cartão possui a tecnologia NFC (Near Field Communication) para utilização. Depois da leitura, o usuário será informado sobre a aprovação do pagamento e a cancela será liberada.

“O autoatendimento para pagamento de pedágio é mais uma inovação importante a serviço dos motoristas que utilizam as rodovias concedidas. Além de facilitar a vida do usuário que não precisa ter dinheiro em espécie na mão e tem autonomia para fazer o pagamento. O serviço vai contribuir para a maior fluidez do tráfego”, ressalta Walter Nyakas, diretor de Operações da ARTESP.

Nova tecnologia no Corredor Dom Pedro 

Desde o dia 1º de agosto, o Corredor Dom Pedro, que faz a ligação entre o Vale do Paraíba e a Região Metropolitana de Campinas, oferece oito praças de pedágio que aceitam pagamento automático da tarifa.  Nas rodovias que formam o corredor administrado pela Rota das Bandeiras, o pagamento vale para todo tipo de veículo por meio de cartões de débito e crédito que tenham a tecnologia de aproximação NFC (Near Field Communication).

Já no Sistema Anchieta/Imigrantes (SAI), desde 2020, 15% dos pagamentos das tarifas de pedágio nas cabines manuais são feitos por aproximação e no Corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto esse tipo de pagamento representa 10% - nesses casos, no entanto, o pagamento é realizado em uma cabine com atendimento feito por um funcionário da concessionária.

Pista automática

Já o tag, lançado nos anos 2000, ainda é um dos métodos mais utilizados pelos motoristas, representando hoje 65% do total dos pagamentos automáticos dos veículos que passam pelas praças de pedágio.  O dispositivo deve ser instalado no para-brisa do veículo, após o usuário contratar o serviço com uma das operadoras de pedagiamento automático credenciadas pelo Estado. O sistema permite que o motorista passe nas pistas de pagamento automático sem ter de parar - as cancelas levantam automaticamente após os equipamentos de pistas realizarem a leitura de crédito e a cobrança via tag.

Leia Mais ...
bottom of page