top of page

Oito mitos e verdades sobre cuidados com os cabelos crespos

Publicado em:
26 de outubro de 2022 15:28:23
Atualizado em:
30 de novembro de 2022 17:56:57
Oito mitos e verdades sobre cuidados com os cabelos crespos
Crédito Imagem:

A tricologista Viviane Coutinho esclarece dúvidas sobre esse assunto

Muitas pessoas passaram e ainda estão passando pela transição capilar ou até mesmo sempre se perguntaram sobre como cuidar dos fios crespos. É assim que parecem algumas dúvidas sobre esse tipo de fio. Algumas são mitos, outras são verdade. Pensando nisso, a tricologista e membro-docente da Academia Brasileira de Tricologia (ABT), Viviane Coutinho separou oito dessas questões sobre esse tipo de cabelo para esclarecer.

1- Cabelos crespos e cacheados tendem a ser mais ressecados

É verdade! “O formato espiral dos cabelos crespos e cacheados impede que a oleosidade natural chegue do comprimento às pontas”, explica a especialista. Mas, esse óleo pode ser reposto ao fazer nutrição e reposição lipídica.

2- Cabelos crespos demoram mais a crescer

“Mito. O crescimento dos fios, independentemente de qual tipo seja, depende da saúde, genética e, também, da sua boa alimentação”, diz. A verdade é que o “fator encolhimento”, responsável por causar os cachos, dá essa aparência, mas o tamanho dos fios não se dá pelo tipo de cabelo!

3- Toalhas podem deixar o cabelo frizzado

Verdade! O simples hábito de usar a toalha errada já pode causar danos ao cabelo, pois o atrito nos fios é um dos grandes causadores do temido frizz . Toalhas mais ásperas, por exemplo, podem causar até mesmo a quebra dos fios. “Opte por toalhas mais macias e delicadas para retirar o excesso de água. As de algodão e de microfibra são acessíveis e já resolvem o problema”, indica a tricologista.

4- Touca e fronha de cetim ajudam e muito!

Verdade, também. O mesmo vale para as toalhas de algodão: alguns tecidos geram atrito quando você mexe à noite. “Isso pode desencadear o frizz e deixar seu cabelo bagunçado e desalinhado”, completa a especialista.

5- Não pode pentear cabelo crespo

“Isso é outro mito. A ideia é que os fios estejam molhados ou úmidos ao passar o pente, mas apenas porque são fios mais frágeis”, explica. Os especialistas na saúde dos fios não recomendam pentear o cabelo crespo quando ele já estiver seco. O ideal é desembaraçar os fios enquanto eles ainda estão molhados. “É essencial umedecer as mechas, aplicar um creme de pentear e usar pentes de dentes largos ou próprios dedos durante o processo. Já o pente garfo, bastante utilizado pelas crespas, tem a função de levantar e dar volume à raiz, então precisa ser usado nessa região”, acrescenta.

6- Cabelos crespos são mais difíceis de cuidar

Mito. Não necessariamente. É preciso ter alguns cuidados, assim como os outros tipos de cabelo. Além disso, qualquer tipo de fio precisa dos passos básicos, como nutrição, hidratação e reparação. Seguindo todas as etapas, você consegue ter fios bonitos e saudáveis, independente da textura do seu fio.

7- Não é indicado lavar os cabelos todos os dias

Verdade. "Por ser um produto limpante, o shampoo reduz ainda mais a hidratação dos fios, o que acaba causando ressecamento extra no cabelo crespo. Mas também não é indicado ficar muito tempo sem lavar. É importante uma avaliação com um profissional para saber as necessidades que ele possa direcionar o homecare para o seu tipo de cabelo", explica.

8- O cronograma capilar é importante para manter os fios bonitos

Verdade. Para ter cabelos crespos saudáveis, seguir um cronograma capilar é super importante. No caso dos fios crespos, uma das etapas essenciais é a da nutrição.

“Não dá apenas para se preocupar com a aparência das madeixas e cuidar da superfície do fio. Além dos cuidados diários, os tratamentos profundos são maravilhosos para manter os cabelos saudáveis. Assim, será possível devolver a água, óleo e queratina que o cabelo perde no dia a dia”, completa.

Leia Mais ...
bottom of page