top of page

Moscou, a capital russa repleta de história

Publicado em:
22 de dezembro de 2020 17:32:28
Atualizado em:
30 de novembro de 2022 17:58:05
Moscou, a capital russa repleta de história
Crédito Imagem:

[caption id="attachment_26146" align="aligncenter" width="1024"] A Catedral Ortodoxa de São Basílio foi construída no período de 1555 a 1561 e fica na Praça Vermelha, integrando o complexo denominado Kremlin / GB Imagem[/caption]

Moscou, a capital da Rússia é uma cidade maravilhosa para se conhecer. Encravada na fronteira entre a Europa e a Àsia, a cidade reflete séculos de História, mas também reflete a alegria e modernidade que começaram a emergir depois do fim da União Soviética e a consequente abertura política. A população é amistosa, apesar da fama de ser sisuda e de poucas palavras. As coisas mudaram por lá, podemos assim dizer.

Fundada pelo idos de 1147, no decorrer de sua história, Moscou foi palco de inúmeros acontecimentos políticos, revoluções, impérios e um dos seus maiores monumentos, sem dúvida, é o Kremlin. Trata-se de uma construção com 750 m² de cada um dos seus lados, e ali começam todas as ruas da cidade.

[caption id="attachment_26147" align="aligncenter" width="1024"] O Teatro Bolshoi é a sede da Companhia de Ballet Boshoi, uma das mais antigas e famosas do mundo. Importante ponto cultural é obrigatório uma visita a casa de espetáculos e seus maravilhosos jardins / GB Imagem[/caption]

Na verdade, o Kremlin é uma fortaleza às margens do Rio Moskva que serve como residência oficial do presidente. Compõe também o complexo a Catedral de São Basílio, a Praça Vermelha, o Jardim de Alexandre, Mausoléu de Lênin, entre outros. A visualização do Kremlin tira o fôlego do visitante. Dá para se fazer uma viagem no tempo.

Ao lado de tanta história e personalidade que marcam o dia a de Moscou, caminham também os contrastes. Várias igrejas destruídas no tempo da União Soviética foram – e ainda estão sendo – reconstruídas; novos hotéis são edificados e novos restaurantes, alegres e acolhedores, vão aparecendo, demonstrando que estão apostando também no turismo, claro, que como em todo o mundo está muito afetado pela pandemia do novo coronavírus.

[caption id="attachment_26148" align="aligncenter" width="1024"] A estação de Tsaritsyno Park e sua maravilhosa arquitetura. Mesmo que o visitante não pretenda usar o metrô, vale a pena conhecer o local / GB Imagem[/caption]

Quando se fala na Rússia, logo também se lembra o Teatro Bolshoi e seu maravilhoso corpo de bailarinos – o Ballet Bolshoi. A casa de espetáculos foi reaberta em 2011, após passar por uma ampla restauração, inclusive da decoração interna. Sem dúvida, é um dos principais pontos turísticos de Moscou.

A cidade é servida por um moderno metrô, meio de transporte rápido e fácil. Mesmo que você não pretenda se aventurar a usar, vale a pena visitar a Tsaritsyno Park, uma das estações; ela encanta simplesmente pela sua arquitetura.

[caption id="attachment_26149" align="aligncenter" width="1024"] - Sem dúvida, a Praça Vermelha é um dos lugares mais famosos da Rússia. Palco de grandes acontecimentos políticos, que incluem as manifestações populares, desfiles militares, discursos de autoridades, entre outros, é ponto de parada obrigatório para o visitante. Faz parte do Kremlin / GB Imagem[/caption]

A culinária local é imperdível, mas vai uma dica. Vale a pena procurar pelos restaurantes fora do circuito tradicional de turismo na cidade porque os preços ficam bem melhores.

E se assunto é compras, talvez um dos melhores endereços seja o Shopping Gum, um dos mais famosos de Moscou. Trata-se de uma belíssima construção pertinho dos muros do Kremlin datada de 1800 e que concentra várias lojas de famosas grifes, além de infinidade de lojas com produtos necessários ao dia a dia. É um local animado e de muitíssimo alto astral.

Os turistas são bem recebidos de uma forma geral, mas a polícia é austera. Há quem recomende que se evite o contato com policiais e que o turista mantenha sempre consigo seus documentos e passaporte. Enfim, essa é uma precaução que o turista deve ter quando viaja para qualquer lugar do mundo.

[caption id="attachment_26145" align="aligncenter" width="1024"] O Kremlin é uma fortaleza erigida às margens do Rio Moskva, bem no centro de Moscou. É a sede de governo da Rússia. É um complexo de edificações, além da Catedral de São Basílio e a Praça Vermelha, que inclui também galerias, museus e outras catedrais que fizeram a história da Rússia / GB Imagem[/caption]

Os brasileiros não precisam de visto prévio para viajarem para a Rússia, o passaporte válido é suficiente, mas atenção, o documento tem que estar em bom estado de conservação. Quando você chegar a Moscou e passar pela fiscalização, o funcionário vai olhar o seu passaporte, folha a folha, sem pressa e com muita atenção. Se encontrar alguma página rasgada, ou rasurada, a sua entrada no país será negada.

Quanto à moeda, o Rublo é o dinheiro oficial, e o turista pode viajar com Euro, que bem aceito por lá, o que não acontece com o Real, pois a cotação é muito baixa.

Você gostou da ideia de conhecer uma cultura diferente da nossa? Espere a pandemia passar, sonhe, planeje e fale com um agente de viagens que o ajudará a montar o seu pacote. É uma boa opção comprar o pacote que inclui a viagem, traslados, hotéis e passeios em Moscou, que podem também oferecer guias turísticos que falam Português em Moscou.

Leia Mais ...
bottom of page