top of page

Moradores do Ecoville se manifestam contrários à desativação de canil padrão: “Novo local é inadequado”

Publicado em:
5 de julho de 2024 19:53:00
Atualizado em:
5 de julho de 2024 19:53:54
Moradores do Ecoville se manifestam contrários à desativação de canil padrão: “Novo local é inadequado”
Divulgação
Crédito Imagem:

Grupo de moradores do loteamento Ecoville, em Araçariguama, se posicionou contrário à desativação de canil padrão que era mantido no local. Segundo eles, o espaço servia para abrigar cães abandonados e, assim, permitia que animais silvestres pudessem desfrutar das áreas verdes sem risco de contaminação ou ataques, além do que, os cachorros recebiam os cuidados necessários.

O canil foi desativado na segunda-feira, dia 1º de julho, “de forma arbitrária”, conforme relatos. A Administração do Ecoville em nota, explicou que “a decisão da desativação ocorreu após avaliação técnica, uma vez que o canil já não apresentava perfeitas condições de uso e que o novo local atende a todas as condições sanitárias e de bem-estar animal exigidas pela legislação”.

O descontentamento dos moradores piorou quando, na 4ª feira, a cachorrinha Judith, uma cadelinha sem raça definida, voltou sozinha para o loteamento. “Ela fugiu do novo abrigo e caminhou mais de 10 quilômetros até aqui. Ela veio pedir socorro em nome dos outros companheiros”, comentou uma moradora que se diz com o coração apertado por tudo o que está ocorrendo.

Inadequado

Segundo foi relatado à Redação por moradores, o novo abrigo é inadequado e não oferece as acomodações necessárias para abrigar os animais, tanto que um deles já conseguiu escapar. “Simplesmente removeram os 18 cães ignorando os apelos e lágrimas de quem estava presente”, disseram. “Como eu conheço o abrigo e sei que é infinitamente pior que o nosso canil, outros dois moradores foram nesse abrigo e constataram que não tem condições de receber nossos cães que estão muito bem instalados no nosso espaço. Portanto não concordamos com a afirmação de que foi feita avaliação prévia do lugar”.

“O canil de Ecoville, há muitos anos tem a função precípua de abrigar cães abandonados que vez por outra aparecem no condomínio. Cumpre notar que a concepção do canil foi iniciativa dos moradores, amigos dos cães e da fauna. Assim fazendo, propicia um ambiente educacional de respeito aos animais e, sobretudo, propicia a sobrevivência no condomínio de tatus, esquilos, porcos-espinhos, quatis, raposas, veados, entre outros tantos animais. Tudo isso está sendo jogado por terra pela atual Diretoria da Associação de Moradores, indicada pela Loteadora”, relatou outro morador.

O que diz a Associação

A reportagem procurou pela Administração do Ecoville que, através da assessoria de imprensa assim se manifestou em nota:

“Esclarecimentos sobre a desativação do canil no Loteamento Ecoville

A Associação Ecoville vem a público esclarecer os motivos da desativação do abrigo de cães localizado no loteamento.

A decisão foi tomada após uma avaliação técnica, visando o bem estar dos cachorros.

O antigo abrigo foi criado há alguns anos por iniciativa de um grupo de moradores, que buscavam uma solução para os cães abandonados encontrados no loteamento. No entanto, ao longo do tempo, esse abrigo passou a apresentar algumas deficiências, tanto em termos de estrutura quanto de gestão.

Diante disso, foi realizada uma avaliação técnica das condições do abrigo, que apontou a necessidade de reformas e melhorias significativas.

Assim, após referida avaliação técnica, foi decidido pela desativação do abrigo. Os animais alojados no local foram transferidos para um novo abrigo, que atende a todas as condições sanitárias e de bem-estar animal exigidas pela legislação. O novo abrigo conta com baias espaçosas, área de lazer e equipe veterinária especializada. Todos os animais estão seguros e bem cuidados.

Esclarecimentos adicionais:

* Os animais transferidos para o novo abrigo estão recebendo cuidados especializados, incluindo alimentação adequada, atendimento veterinário e oportunidades de recreação e descanso.

* Nenhum animal fugiu do novo abrigo. Esta informação é falsa e tendenciosa.

* Além dos 15 animais transferidos para o novo abrigo, outros três animais mais agressivos estão recebendo cuidados em um abrigo especializado.

A Associação Ecoville mantém um forte compromisso com o bem-estar animal e a preservação da fauna. Além do novo abrigo, o loteamento conta com uma equipe de biólogos e veterinários que cuidam de uma área de soltura e monitoramento de fauna, que é referência no estado de São Paulo.

Estamos à disposição para prestar quaisquer esclarecimentos adicionais.

Assessoria de Imprensa da Associação Ecoville”

Leia Mais ...
bottom of page