top of page

Mais de 6,3 milhões de veículos devem deixar a Capital Paulista pelas principais rodovias no Ano Novo

Publicado em:
27 de dezembro de 2022 15:00:00
Atualizado em:
27 de dezembro de 2022 20:13:52
Mais de 6,3 milhões de veículos devem deixar a Capital Paulista pelas principais rodovias no Ano Novo
Crédito Imagem:

Há expectativa de tráfego intenso durante toda a semana sentido litoral e interior. Haverá reforço operacional para trazer mais segurança ao usuário

Neste feriado de Ano Novo, as 20 concessionárias que integram o Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo, regulado pela ARTESP - Agência de Transporte do Estado de São Paulo e o DER (Departamento de Estradas de Rodagem) intensificam o monitoramento das pistas, operação e os serviços de atendimento aos usuários para minimizar os impactos do aumento do fluxo neste período.  A previsão é de que mais de 6,3 milhões de veículos sigam para o Litoral e Interior pelas principais rodovias de saída da Capital paulista para as comemorações do Réveillon. Desse total, cerca de 4,9 milhões utilizarão a malha concedida. Aproximadamente 1,4 milhão seguirão também pelas rodovias administradas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

“Vamos ampliar a nossa presença nas rodovias para fazer frente ao aumento do movimento durante as festas de final de ano, monitorando o fluxo de veículos leves, e entrando em ação quando necessário, para maior segurança e conforto dos usuários”, afirma o secretário de Logística e Transportes, João Octaviano Machado Neto.

A ARTESP (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) irá monitorar toda a operação a partir do Centro de Controle de Informações (CCI). A malha concedida tem mais de  2.976 câmeras implantadas em 11,1 mil quilômetros de rodovias, além de 8.019 telefones de emergência (call boxes), 625 sensores de tráfego, 40 estações meteorológicas, 424 painéis eletrônicos de mensagens. Também estarão disponíveis para atendimento aos usuários, 214 ambulâncias, 258 guinchos leves e pesados, 60 veículos de apoio operacional, 216 veículos de inspeção de tráfego, além de 18 caminhões pipas e veículos de socorro de animais.

“As rodovias devem estar bem movimentadas durante o período de festas de final de ano. No entanto, as concessionárias de rodovias estão preparadas para o aumento da demanda, e irão oferecer todas as condições para viagens seguras e confortáveis e, se houver necessidade de uma assistência rápida, as equipes estarão de prontidão para oferecê-la”, afirma Milton Persoli, diretor-geral da ARTESP.

Operações especiais

Obras e cargas excepcionais. Durante os feriados serão suspensas as obras que causam interferências no tráfego, assim como haverá restrições para circulação de veículos com cargas excepcionais.

Haverá reforço nas equipes de colaboradores das praças de pedágio para agilizar o atendimento. Além disso, sempre que necessário, será implantada a operação papa-fila para intensificar o atendimento e evitar ou reduzir a formação de filas.

No Sistema Anchieta-Imigrantes (SP 150 e SP 160) serão implantados esquemas especiais para distribuir melhor o fluxo de veículos nos feriados. Para a descida da serra nos dias que antecedem o fim do ano, por exemplo, há previsão de implantação do esquema 7x3. Para subida será feita a operação 2x8.

Campanhas de segurança. No período, haverá intensificação de comunicação com os motoristas através de faixas, folhetos e ações de segurança viária nos Painéis de Mensagem Variável (PMV) abordando temas como os riscos de dirigir alcoolizado e de não respeitar os limites de velocidade, assim como a importância do uso do cinto de segurança, da manutenção veicular e dicas sobre travessia segura para pedestres.

Também há reforço à campanha Operação Chuvas de Verão, da Defesa Civil Estadual,   ação que tem como objetivo alertar os usuários que utilizam as rodovias sobre os cuidados necessários ao dirigir durante o período de chuvas, além de ajudar na adoção de medidas para minimizar os desastres e proteger a população

RODOVIAS DO DER

As rodovias administradas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER) que saem ou recebem veículos da capital esperam ter um volume de mais de 1,4 milhão de veículos neste feriado. O Departamento reforçará o atendimento operacional com viaturas dispostas em pontos estratégicos das rodovias, com equipamentos para auxiliar o monitoramento - entre eles, contadores veiculares – SATs (para estudo de tráfego), câmeras CFTV e painéis de mensagens variáveis (com informações sobre as condições da rodovia).

Além disso, as rodovias administradas pelo Departamento contarão com apoio operacional composto por guinchos leves e pesados, caminhonetes de inspeção distribuídos nas principais vias do Estado, além das Unidades Básicas de Atendimento (UBAs), que estarão à disposição dos usuários 24 horas por dia.

MOVIMENTAÇÃO NAS PRINCIPAIS VIAS CONCEDIDAS

Horários de pico: O movimento de saída para o feriado de Ano Novo começou a se intensificar já na segunda-feira (26/12) e deve permanecer intenso até a 0h do dia 31/12.

No Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI) a expectativa para o feriado do Ano Novo é de que 876 mil veículos sigam pelas rodovias sentido litoral sul e capital paulista. A Operação Descida (7x3) será acionada todos os dias das semana até sábado (31), em diferentes horários, de acordo com o fluxo de veículos.

No retorno à Capital, o movimento deve se intensificar no dia 01/01, a partir das 9h e durante todo o dia, quando está prevista a implantação da Operação Subida (2X8). As pistas Sul e Norte da Imigrantes e a pista Norte da Via Anchieta estarão disponíveis para a subida da Serra e a pista Sul da Rodovia Anchieta para descida.

Na Rodovia dos Tamoios (SP 099) devem circular 179 mil veículos entre os dias 30/12 e 2/01/2023.  Suspensão de obras: devido ao aumento da demanda de tráfego, haverá a suspensão das obras e serviços no período de 16 a 28/12  e de 30 a 2/01/2023. Também não será permitido o tráfego de veículos de carga sentido Litoral na sexta-feira (30) das 16h à 0h, sábado (31) das 8h às 12h e domingo (01) das 8h às 12h. Sentido São José dos Campos: sexta-feira (30) das 13h à 0h, sábado (31) da 0h às 17h e domingo (01) das 15h às 23h.

No Corredor Ayrton Senna-Carvalho Pinto, a previsão para o Ano Novo é de que  mais de 1,6 milhão de veículos passem pelas quatro praças de pedágio. Além do próprio dia 27, há previsão de tráfego intenso em 28/12, das  7h às 12h; 29/12, das 7h às 18h e dia 2/01/23, das  10h às 21h (sentido São Paulo).

No Sistema Anhanguera-Bandeirantes, cerca de 600 mil veículos devem trafegar pelas rodovias entre saída  e  chegada  à  Capital, da  zero  hora  de  quinta-feira (29/12) e 0 hora de segunda-feira (02/01). Horários de tráfego mais intenso: no sentido Interior, das 16 às 19h de sexta-feira (30/12) e das 9h às 11h do sábado (31/12). No retorno, no sentido Capital, das 15h às 23h de domingo (01/01).

Neste feriado também estará em vigor a Operação Caminhão no domingo (01/01). Neste caso, esse tipo de veículo que se destina à Capital pela Rodovia dos Bandeirantes (SP-348) deverá utilizar a Via Anhanguera (SP-330) no trecho do km 48 ao km 23, entre Jundiaí e São Paulo, acessando a rodovia pela saída 48 da Bandeirantes. O desvio tem como objetivo melhorar a distribuição do tráfego.

Pelo Sistema Castello-Raposo, administrado pela concessionária CCR ViaOeste, a previsão de movimentação é de  560 mil veículos. Horários  de  tráfego  mais  intenso: sexta (30/12), das 16h às 19h, e sábado (31), das 9h às  11h.  No  retorno,  (1/01),  a maior  concentração  de veículos é esperada entre as 15h e 23h.

Já pelo Trecho Oeste do Rodoanel devem circular 790 mil veículos.  Na sexta-feira (30), o movimento será intenso das 16h às 19h e no sábado (31), das 9h às 11h. No domingo (01/01) a expectativa é de tráfego normal.

Já pelos trechos Sul e Leste do Rodoanel Mario Covas devem circular  mais de 537 mil veículos entre os dias 30/12 e 02/01. Horários de maior movimentação: sexta-feira (30/12), entre 7h e 10h e 16h e 19h; sábado (31/12): entre 10h e 12h e 16h e 21h; domingo (1/12): entre 7h e 10h e 16h e 21h. No retorno, dia (02/01): entre 7h e 10h e 16h e 19h.

Movimentação nas rodovias do DER

Rodovia Manoel Hyppolito Rego (SP-055) – 268.299 veículos

Rodovia Padre Manoel da Nóbrega (SP- 055) – 475.557 veículos

Rodovia D. Paulo R. Loureiro (SP-098) (Mogi-Bertioga) – 158.160 veículos

Rodovia Oswaldo Cruz (SP-125) - 81.852 veículos

Rodovia Raposo Tavares (SP-270) - 461.737 veículos

EMERGÊNCIAS

Confira aqui os telefones de emergência das concessionárias que administram a malha rodoviária paulista. O do DER é 0800 055 5510.

Sobre a ARTESP

A ARTESP – Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo – regula o Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado de São Paulo há mais de 20 anos. Sob sua gerência, estão 20 concessionárias, que atuam em 11,1 mil quilômetros de rodovias, o que representa quase 41,1% da malha estadual, abrangendo 335 municípios.

A Agência também fiscaliza o Transporte Intermunicipal de Passageiros, exceto nas Regiões Metropolitanas de São Paulo, de Campinas, da Baixada Santista, do Vale do Paraíba/Litoral Norte e Sorocaba. Dentre as ações, realiza auditoria de frota, garagem e instalações, ações fiscais na operação das linhas regulares, nos terminais rodoviários e nas rodovias. Além disso, a ARTESP é responsável pela regulação da concessão de 27 aeroportos regionais.

Leia Mais ...
bottom of page