top of page

Escalonamento de alunos marca a volta às aulas presenciais na Rede Municipal de Ensino

Publicado em:
16 de outubro de 2021 20:14:47
Atualizado em:
30 de novembro de 2022 17:58:43
Escalonamento de alunos marca a volta às aulas presenciais na Rede Municipal de Ensino
Crédito Imagem:

Está marcado para a próxima 2ª feira, 18, o retorno às aulas presenciais de alunos matriculados na Rede Municipal de Ensino. De acordo com a Secretaria de Educação, dos 4.200 estudantes, apenas 20% estarão nas salas de aula respeitando um processo de escalonamento diário. Ainda segundo a pasta, a decisão foi tomada com base no Decreto Municipal 3.534 de 27 de Setembro e na Resolução 17, de 05 de Agosto.

A reportagem esteve em contato com a secretária de Educação Simone Teodoro que falou sobre a retomada das aulas, destacando as contratações de mais dois ônibus para atender a demanda de alunos, e, de novos 30 professores. “Retornamos em regime de escalonamento, com 20% dos alunos e estaremos respeitando os protocolos desde a entrada no transporte escolar, entrada das escolas e dentro da Unidade Escolar. Contratamos mais dois ônibus pensando no fluxo dentro do transporte escolar. Contratamos mais de 30 professores para suporte ao Ensino. Todos os profissionais ativos (gestores escolares, funcionários em geral, professores) foram treinados com a Vigilância Sanitária para seguir os procedimentos Sanitários. Os treinamentos foram presenciais, exceto aos professores que foi por live devido quantidade de profissionais”, explicou.

Ela falou também sobre a entrega dos equipamentos de proteção e sobre as obras nas escolas: “Os EPIS foram entregues e estarão sendo entregues nas Unidades Escolares. (Totens de álcool em gel, marcações de distanciamento, termômetro, luvas, máscaras). A equipe da Secretaria de Administração e da Educação está em trabalho ativo para a entrega dos materiais. A Secretaria de Obras está em manutenção das escolas. As manutenções continuam por mais um bom tempo, tendo em vista muitas inconsistências à serem sanadas na infraestrutura”, destacou.

Perguntada sobre a avaliação dos alunos para medir o desempenho e a absorção do aprendizado, a secretária destacou que está ocorrendo através do Sistema de Avaliação Diagnóstica elaborado a partir das matrizes de competências e habilidades do SAEB  - Sistema de Avaliação da Educação Básica. Segundo ela, a Secretaria de Educação tem a consolidação dos dados dos alunos por Unidade Escolar e por sala de aula. “A avaliação será considerada na elaboração de Plano de Ação da Unidade Escolar, junto aos professores e suas avaliações próprias. À nível de Sistema de Ensino, haverá investimento da Secretaria de Educação com projetos e programas para mitigação da defasagem de aprendizagem que impactou a educação neste momento. Porém, neste contexto imediato do ano, o foco é retornar gradativamente com pequenos grupos de alunos, tendo atenção especial às vulnerabilidades apresentadas”, relatou. E completou: “O retorno gradativo,  no qual os alunos terão dias presenciais e dias remotos, tem por consideração a importância de retornar aos poucos com a rotina escolar, com atenção socioemocional, seja com respeito aos professores, bem como, com respeito aos nossos alunos e familiares. Isto é, vamos vivenciar agora um processo de adaptação social das rotinas escolares”, concluiu.

Escalonamento

Indaga sobre o funcionamento do sistema de escalonamento e como os alunos serão comunicados sobre o dia em que deverão comparecer às aulas, ele explicou: “A Direção da Unidade Escolar deverá informar os pais, uma vez que tem contato direto com eles. Todos foram orientados à realização de reunião para comunicar os planos próprios das escolas”, informou.

“A Secretaria de Educação definiu diretrizes gerais, estabelecidas em resoluções que vem sendo lançados há mais de dois meses. A decisão de retorno sempre foi discutida junto ao Conselho Municipal de Educação e outros órgãos para tomadas de decisões sobre o planejamento do Calendário Escolar. Importante ressaltar que estamos num momento atípico da Educação. Se antes falávamos de Gestão Participativa e Democrática, agora precisamos falar e fazer muito mais! Neste sentido, a Secretaria de Educação tem atuado bem em colaboração dos Conselheiros Municipais de Educação - com representação de pais, professores, gestores e sociedade civil. Nenhuma decisão foi tomada unilateralmente. Ademais, cada Unidade Escolar terá seu plano próprio em respeito ao contexto da comunidade. Educação é responsabilidade da Sociedade! Para a retomada das atividades escolares, planejamento e união dos diferentes setores sociais e educacionais será extremamente importante. As escolas precisarão da parceria dos familiares neste momento para implementar a proposta do retorno gradativo. Assim como, os familiares precisam da parceria da escola para a Educação das nossas crianças e adolescentes. Parceria e união será chave principal”, concluiu a secretária Simone Teodoro.

Leia Mais ...
bottom of page