top of page

Desfocadas ou cobertas, imagens revelam parcialmente o Mini Nissan Kicks

Publicado em:
17 de julho de 2020 16:29:41
Atualizado em:
30 de novembro de 2022 17:57:55
Desfocadas ou cobertas, imagens revelam parcialmente o Mini Nissan Kicks
Crédito Imagem:

A Nissan ainda faz segredos sobre o novo lançamento para países asiáticos do seu novo SUV Magnite. O carro está sendo mostrado aos poucos com fotos trabalhadas ou com o modelo parcialmente coberto por tecido. O lançamento da montadora que chega ao mercado em 2021, já vem sendo chamado de Mini Nissan Kicks.

Nas imagens, o SUV da Nissan chama atenção pela moldura plástica na caixa de roda e as luzes de LED no para-choque. Já o farol segue o estilo do utilizado no Nissan Kicks reestilizado mostrado recentemente na Tailândia, embora a grade frontal tenha desenho muito semelhante a do compacto Datsun Go, outro produto criado para o mercado indiano.

Embora a Nissan ainda não tenha dado detalhes sobre o conjunto mecânico do Nissan Magnite , já se sabe que o modelo será construído sobre a plataforma CMF-A+, uma versão alongada da base do Renault Kwid que é atualmente empregada no monovolume Renault Triber.

As informações são do iG Carros.

Kombi elétrica e com dois motores pode se chamar eSamba

A futurista versão da VW Kombi chega ao mercado somente 2022, porém, um dos sucessos de vendas da marca alemã no passado já atrai olhares de saudosistas e antenados que sentem que a volta do ícone já tem vaga garantida no coração de muita gente.

O nome Samba foi adotado pela Volkswagen no passado, mais exatamente entre as décadas de 1950 e 1960, quando a fabricante tinha a primeira geração da Kombi , que logo de tornou um dos ícones da marca em todo o mundo. E na variação mais luxuosa, vinha com 21 ou 23 janelas, o que é bastante raro e valorizado no mercado de clássicos hoje em dia.

Também não se sabe ainda em qual versão da nova Kombi elétrica o nome e-Samba poderá ser usado. De qualquer forma, o carro vai se basear no protótipo ID Buzz , que foi muito bem aceito pelo público nas exposições internacionais das quais participou.

Entre outras características interessantes, a nova VW Kombi elétrica terá dois motores elétricos , um para cada eixo, que somarão 374 cv de potência, pelo menos em uma versão. As demais deverão vir apenas com tração traseira e menos fôlego, apenas para passageiros ou para carga.

Jeep Renegade com novo motor turbo quer perder fama de beberrão

O Jeep Renegade deve agitar o mercado com o novo motor Firefly turbo, de 1,33 L de cilindrada, previsto para começar a ser produzido na fábrica de Betim (MG), no primeiro trimestre do próximo ano. A ideia é fazer com que o modelo perca a fama de ter um consumo muito alto. Aliás, o consumo é um dos grandes problemas do carro, o que levou muita gente optar por outros modelos. “Pesadão” ele bebe além da conta.

O Firefly turbo tem versões de 150 e 180 cv. O primeiro está reservado para o Renegade e o segundo para o Compass.

 

Novo modelo da Harley-Davidson tem tecnologia de ponta e oferece mais segurança

A Harley-Davidson Street Glide Special recebeu a introdução dos novos sistemas eletrônicos que fazem toda a diferença na dirigibilidade da motocicleta. Aliás, toda a família Touring da Harley passa a ter o sistema Reflex de Direção Defensiva (RDRS), um conjunto de sistemas que otimizam a tração e a estabilidade em praticamente todos os momentos da pilotagem.

O RDRS inclui, entre outros sistemas, o ELB de freios eletronicamente vinculados, o VHC, assistente de partida em rampas, e o TPMS, que controla a pressão dos pneus. De série nas Harley CVO e LiveWire, alguns sistemas são opcionais nos EUA para as famílias Touring, mas estarão presentes em todas as unidades comercializadas no Brasil.

A posição de pilotagem é bastante confortável e permite total controle da motocicleta em manobras de baixa velocidade. Os apoios dos pés do piloto são largos estribos e os alforjes são rígidos, em uma estilo mais ousado do que o das Ultra, cobrindo parcialmente os escapamentos.

O motor é o Milwaukee-Eight 114, de 1.868 cm3 de cilindrada, com 16,7 kgfm de torque, para um peso de 380 kg em ordem de marcha. A Harley-Davidson Street Glide Special tem também o sistema Infotainment Boom GTS, com tela de TFT colorida sensível ao toque, sistema de áudio com 25 w por canal, conectividade Bluetooth, iPod, iPhone (Apple CarPlay) e USB, conexão com celular e navegador por GPS.

Um sistema interessante é o VHC, assistente de partida em rampa, que mantém a motocicleta freada em aclives mesmo depois da liberação do manete ou do pedal de freio, para evitar o retorno para trás antes que a embreagem seja desacionada para a partida. O acionamento é simples, basta aplicar uma sobrepressão no freio assim que a motocicleta parar completamente. Uma luz no painel indicará quando o VHC estiver em funcionamento. Na cor preta, a Harley-Davidson Street Glide Special custa R$ 98.900, R$ 99.750 para outras cores e R$ 100.700 para a pintura em duas cores. Fonte e Fotos iG Carros.

  Gasolina muda no Brasil a partir de agosto, diz Petrobras

A Petrobras anuncia que está pronta para produzir em grande escala a nova gasolina, que chega para oferecer melhor qualidade, a partir de um maior nível de octanagem, conforme a resolução 807/20 da ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis). A regulamentação estabelece que o combustível seja disponibilizado ao público a partir de agosto.

“A Petrobras já está pronta para produzir essa nova gasolina . A nova especificação é bem-vinda e vai aproximar a qualidade do combustível comercializado no Brasil ao dos mercados americano e europeu. A qualidade intrínseca da gasolina vai aumentar em termos de octanagem e massa específica, o que significa um combustível mais eficiente e de melhor proteção aos motores dos veículos. Isso vai permitir uma redução no consumo de gasolina por quilômetro rodado”, explica Anelise Lara, diretora de refino e gás natural da empresa.

Leia Mais ...
bottom of page