top of page

Cirurgia para a retirada dos órgãos de Gugu Liberato durou cerca de 6 horas

Publicado em:
25 de novembro de 2019 19:21:03
Atualizado em:
30 de novembro de 2022 17:58:22
Cirurgia para a retirada dos órgãos de Gugu Liberato durou cerca de 6 horas
Crédito Imagem:

Após uma cirurgia que durou cerca de seis horas, na madrugada de sábado, 23, para domingo, 24, os órgãos do corpo de Gugu Liberato foram retirados para a doação. Segundo a família, 50 pessoas devem ser beneficiadas pelas doações de órgãos.

Questionada pelos familiares sobre a possível doação para um paciente brasileiro que estivesse na fila para transplante, a equipe médica informou que não seria possível por questões da distância e tempo de conservação dos órgãos doados.

Após a retirada, seu corpo foi levado na manhã de domingo ao instituto responsável por necropsias e laudos de Orlando, nos EUA (correspondente ao Instituto Médico Legal no Brasil). Todos as pessoas que morrem por causas não naturais passam por exames nesse instituto. De acordo com a lei americana, só depois desses procedimentos é emitido um atestado de óbito.

De acordo com a imprensa, a família trabalha agora na documentação para a repatriação do corpo. Eles acreditam que isso deva acontecer até quinta-feira, 28. Gugu Liberato vai ser velado na Assembleia Legislativa de São Paulo e sepultado no cemitério Getsêmani, no Morumbi, no jazigo da família.

As causas da morte

A morte do apresentador de Antônio Augusto de Moraes Liberato foi confirmada na sexta-feira, 22, às 21h06, horário de Brasília, pela assessoria de imprensa do apresentador com uma nota assinada pela família. Gugu sofreu um acidente em sua casa na Flórida, nos Estados Unidos, na última quarta-feira, 20.

Segundo a assessoria do apresentador, ele subiu no forro da residência para tentar trocar o filtro do ar-condicionado quando acabou pisando numa parte do forro que era feita de gesso e cedeu.

Com uma queda de aproximadamente quatro metros de altura na cozinha da casa, Gugu teve uma fratura grave no osso temporal direito. Isso causou uma hemorragia traumática, e o sangramento se espalhou ao redor do cérebro.

O apresentador estava com o filho João Augusto, de 18 anos, as filhas gêmeas, Marina e Sophia, de 15 anos, e com a companheira dele Rose Miriam di Matteo. Seu filho ligou para os serviços de emergência, que chegaram rapidamente. Mas o trajeto da casa até o hospital não é curto, são 27 minutos.

Em entrevista ao Jornal Nacional o neurocirurgião Guilherme Lepsky, chamado para acompanhar o estado clínico de Gugu em Orlando, disse que o apresentador chegou vivo ao hospital. "Ele tinha alguma atividade respiratória no início. Não era de início morte encefálica. Acontece que o quadro foi se deteriorando rapidamente", disse Lepsky.

Leia Mais ...
bottom of page