top of page

Araçariguama 370 anos: Rodovia Castello Branco no final dos anos 1960 e início da década de 1970

Publicado em:
11 de dezembro de 2023 13:22:00
Atualizado em:
11 de dezembro de 2023 13:22:45
Araçariguama 370 anos: Rodovia Castello Branco no final dos anos 1960 e início da década de 1970
Divulgação
Crédito Imagem:

Imagem que circula pelas redes sociais registra o movimento na Rodovia. No canto esquerdo da imagem, no rodapé, observa-se uma perua Rural Willis com adesivo de REPORTAGEM, só não é possível identificar a qual empresa pertence (Reprodução)

Uma das principais rodovias que liga a Capital do Estado ao Interior, também chamada de Estrada do Oeste, a Rodovia Castello Branco era assim no final da década de 1960 e início dos anos 1970. A foto mostra o trecho sentido Capital, logo após o Road Shopping, na divisa entre Itu e Mairinque (região do Bairro Dona Catarina).

A rodovia trouxe o necessário impulso no desenvolvimento da então Vila de Araçariguama que, até então, se encontrava isolada, sendo que o principal eixo rodoviário e de desenvolvimento estava na Rodovia Raposo Tavares.

O período de construção foi importante para a Vila, com a chegada de centenas de funcionários vindos de outras localidades e também na geração de empregos para os locais. Entre tantos, um dos personagens dessa época foi Dimas Ferreira de Carvalho, que fixou residência na cidade e constituiu uma das mais tradicionais famílias.

Conta a história que rodovia teve seu trajeto inicial alterado no trecho em Araçariguama. Pelo projeto, a rodovia iria cortar ao meio o cemitério municipal, hoje denominado Jardim da Paz. Por intervenção do então prefeito de São Roque, Heitor Boccato, o projeto foi alterado e o cemitério acabou preservado. A curva existente após o pontilhão do Km 50, sentido Capital, marca bem essa alteração.

Lembrar a História de Araçariguama, que no último dia 6 de dezembro, completou 370 anos de fundação, é lembrar sobre importantes momentos da História do Brasil – a cidade viveu de perto as fases dos Bandeirantes; a exploração do ouro e das esmeraldas; o Império; os Jesuítas; a transição do Império para a República; o Tropeirismo – do Estado e da região.

Quase quatro séculos após o surgimento da Vila, Araçariguama continua fazendo História. Hoje, por ser um dos principais polos industriais da região e o crescente fortalecimento no setor de logística, além de abrigar paisagens naturais que vem incentivando o investimento nos setores do turismo, esportivo e de eventos. Sem contar que o setor cultural vem ganhando significativo espaço.

Apesar dos 370 anos contados a partir da desanexação da Paróquia de Santana de Parnaíba, em 06 de dezembro de 1653, o município – que vive essa condição pela segunda vez, após a emancipação em 1991 – ainda flerta com a jovialidade e se coloca como uma das pujantes da Região Metropolitana de Sorocaba, a qual pertence.

A História da Rodovia Castello Branco está intimamente ligada com a História de Araçariguama, ambas interagindo e se completando num ritmo frenético que se molda ao moderno e á alta tecnologia, sem perder sua essência e o seu passado.


Leia Mais ...
bottom of page