top of page

A comida versus beleza e bem-estar

Publicado em:
6 de outubro de 2020 15:01:36
A comida versus beleza e bem-estar
Crédito Imagem:

Você consegue se controlar diante da comida? Você é consumidor compulsivo de todas as receitas de “gordices” que aparecem? É bem verdade que a maioria de nós extrapolou na comilança durante o isolamento social.

Enfim, a verdade é que no dia a dia somos bombardeados por atrativos gastronômicos. É muita comida boa e geralmente muito calóricas.

E é praticamente impossível encontrar alguém que realmente não aprecie uma mesa farta. Existem, sim, quem sabe se controlar e segue uma dieta equilibrada, mas no geral...

Diante da oferta de tanta comida, é bom parar antes de sair comendo tudo o que tem pela frente e prestar atenção no que diz os especialistas em Nutrição.

É unanime a recomendação que o consumo inadequado, com exageros e descompensação de calorias podem provocar malefícios à saúde física e mental.

O ideal é que se tenha equilíbrio. Não há necessidade de abdicar de tudo, assumindo uma postura radical, limitando-se e passando vontade. No entanto, a ingestão de alimentos calóricos tem de ser realizada em pequenas quantidades, em dias e horários definidos, associada à prática de atividades físicas e ao consumo de alimentos saudáveis, seguidos pela compensação de calorias.

Aqueles que residem em regiões onde as temperaturas ainda estão mais baixas, precisa estar ainda mais atento porque é comum que sintam mais fome porque o corpo gasta mais energia do que habitualmente. Para manter a temperatura estável e compensar a perda energética, é necessário consumir mais calorias.

Algumas variações nos ingredientes e na forma do preparo podem deixar alguns pratos “inofensivos”. É o caso da sopa; a sopa caseira é a melhor alternativa, sendo ideal usar fugir dos temperos prontos e incrementar o sabor adicionando cheiro verde na hora de servir. Os ingredientes mais adequados são legumes e verduras, como por exemplo, repolho, espinafre, agrião, acelga e alho poró.

Para acelerar o metabolismo e aquecer, nada como um bom chá preparado com folhas in natura, ou em sachê. Uma boa dica são os chás de erva-doce, hortelã ou de mix de ervas. Melhor se ingeridos sem açúcar ou outro tipo de adoçante.

Falando ainda de chás, tem a canela e a gengibre que são poderosos aliados. Ambos têm ação termogênica, ou seja, aceleram o metabolismo e ainda auxiliam no fortalecimento do sistema imunológico. Podem ser consumidos em forma de chá, além de serem os temperos ideais para várias sobremesas.

Estudos comprovam que a ingestão moderada de vinho tinto seco reduz o risco de doenças cardiovasculares, respiratórias e demências. Todos esses benefícios estão relacionados a substâncias antioxidantes presentes na uva, que são potencializadas com a fermentação, processo utilizado na fabricação dos vinhos. A indicação é de 150 ml, ou seja, um cálice por dia. Não é demais lembrar que pessoas que tem restrição à bebida alcoólica, podem optar pelo suco de uva integral.

Não poderíamos deixar as frutas de fora do cardápio. Boas opções são o abacaxi, melão, morango, caju e laranja que são poderosas fontes de Vitamina C, contêm fibras, combatem o colesterol ruim e a glicemia e, ainda, fortalecem o sistema imunológico.

E, nunca é demais lembrar, substituir a farinha comum por farinha integral e priorizar o consumo de grãos também ajuda a manter a saúde do organismo e o peso em dia. Em todas as épocas do ano.

Se você faz parte do grupo que extrapolou nas calorias durante o isolamento, já é tempo de mudar de atitude. Além de perder peso, você notará a melhora no aspecto de sua pele e de seus cabelos.

Leia Mais ...
bottom of page