top of page

É de supor que a Polícia Rodoviária mudou de função: Comparece na rodovia apenas para registrar tragédias! - Editorial 23/12

Publicado em:
26 de dezembro de 2022 18:15:00
É de supor que a Polícia Rodoviária mudou de função: Comparece na rodovia apenas para registrar tragédias! - Editorial 23/12
Crédito Imagem:

EDITORIAL
Algumas famílias estarão chorando seus mortos nestas festas de fim de ano. Os momentos de alegria e convivência familiar tão presentes nesta época, serão substituídos pela dor da perda e da ausência de entes queridos que foram vítimas de acidentes na Rodovia Prefeito Lívio Tagliassachi, o Acesso.
Infelizmente não há como trazer mensagem de esperança com uma realidade tão próxima e perigosa, quando os usuários da rodovia ficam entregues à própria sorte e à vontade de motoristas-assassinos.
A certeza da impunidade, com zero de fiscalização, tem transformado alguns condutores em armas prontas para matar. Abusam da velocidade; de manobras proibidas e arriscadas; de ultrapassagens proibidas, fazendo dos poucos mais de 9 quilômetros de extensão da Rodovia, uma verdadeira “terra sem lei”. Um verdadeiro show de horrores diário!


A ausência da autoridade e de qualquer outra figura que a represente, incentiva o total desrespeito à legislação de trânsito, levando risco de morte para as milhares de pessoas que por ali trafegam diariamente.

Todos sabemos que a burocracia a que o Estado é submetido atrasa providências urgentes, como a instalação de radares em pontos estratégicos da estrada. Porém, fica difícil aceitar que não existam outros meios – como fiscalização policial ou de radares móveis – que inibam a ação de motoristas irresponsáveis e tragam um pouco mais de segurança ao local.

É quase impossível crer que o Comando da Polícia Rodoviária não tenha informações sobre o que ocorre no Acesso. Mais difícil ainda é aceitar que mesmo assim, a gloriosa corporação não tome providências para punir aqueles que abandonam as leis e passam a arriscar a própria vida e a de terceiros.

Tamanha ausência na fiscalização nos leva a supor que a polícia mudou de função: agora só comparece na Rodovia Lívio Tagliassachi para registrar tragédias e não mais para fazer cumprir a lei, estabelecer a ordem e zelar pela segurança de todos!

Por qual motivo, rodovia tão perigosa e com alto número de acidentes e mortes, não conta com a presença da Polícia Rodoviária? Seria importante que as autoridades competentes nos dessem essa resposta. Na verdade, acreditamos que elas tenham a obrigação de responder!

Enquanto esperamos pela boa vontade das autoridades, ou, muito contra a vontade, que os números de tragédias cresçam o suficiente para gerar a estatística necessária para que providências sejam tomadas, vamos elevar nossos pensamentos aos familiares que neste Natal e passagem de Ano, não terão a oportunidade de dar o último abraço ou o último beijo naqueles que partiram tão precocemente vítimas da impunidade e da irresponsabilidade de alguns poucos.

Que ainda em 2022 essa perigosa realidade possa mudar!

É de supor que a Polícia Rodoviária mudou de função: Comparece na rodovia apenas para registrar tragédias!

Leia Mais ...
bottom of page